Ainda abalados com a morte do estudante Alcioni Panatto Caetano, ocorrida na terça-feira (13), familiares e amigos têm passado as últimas horas esclarecendo que um vídeo que circula nas redes sociais não tem nenhuma relação com o trágico fato.

Caetano, que tinha aos 24 anos, cursava o 5º ano do Curso de Engenharia de Controle e Automação na UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) e as circunstâncias do seu falecimento estão sendo investigadas.

O vídeo fake, onde um rapaz aparece caindo em uma festa e a este fato é atribuída a morte de Alcioni, surpreendeu as pessoas próximas do jovem universitário. Amigos e parentes não se cansam de negar a relação entre as imagens e os fatos.

A UFSC emitiu nota lamentando a morte. “A comunidade universitária manifesta seu luto e solidariza-se com os colegas, amigos e familiares de Alcioni neste momento de dor”. A Atlética do Centro Tecnológico da UFSC também se pronunciou e esclareceu que o vídeo encaminhado é de 2018 e não tem vínculo com Alcioni Panatto Caetano.

“A situação em questão não tem conexão com o evento universitário que ocorreu no final de semana. Então, pedimos a todos que parem de compartilhar este rumor e que respeitem a dor da família e de amigos”, esclarece a Atlética por meio de nota.