O cantor e compositor Erasmo Carlos morreu nesta terça-feira, aos 81 anos. Ele havia sido internado às pressas, nesta segunda, dia 21, no Hospital Barra D’or, no Rio de Janeiro.

 

Erasmo vinha há alguns meses tratando uma síndrome edemigênica, doença que ocorre quando há um desequilíbrio bioquímico, dificultando a manutenção dos líquidos dentro dos vasos sanguíneos. Geralmente é causada por doenças cardíacas, renais ou dos próprios vasos.

 

A esposa de Erasmo Carlos, Fernanda, estava ao lado do cantor na hora da morte. A causa da morte ainda não foi divulgada.

 

Com informações do Metrópoles.