HOSPITAL JARAGUÁ: Pioneirismo e inovação a serviço da prevenção

Ressonância Magnética 3.0 Tesla do Hospital Jaraguá, um modelo inédito em Santa Catarina Foto: divulgação

Por: Elissandro Sutil

28/10/2022 - 05:10

 

O câncer de mama é o segundo tipo de doença maligna mais comum entre as mulheres, correspondendo a 28% dos casos e tem 90% de chance de cura se for diagnosticado no estágio inicial.

De acordo com a média Mastologista Dra. Karina Maria Papp Eger, ter uma vida saudável (praticar atividade física regularmente, se alimentar bem e ter uma boa noite de sono) associados a realização de exames de diagnóstico precoce, são formas de prevenção que devem fazer parte da rotina de toda mulher.

O Hospital Jaraguá, ao longo de sua história, é o pioneiro em oferecer diversos serviços de Diagnóstico por Imagem na região de Jaraguá do Sul e vale do Itapocu. Entre eles, há quase 30 anos, apresentou à população o primeiro mamógrafo e após o primeiro, a inovação e atualização continuou sucessivamente com o segundo, terceiro, quarto, até o atual e mais moderno equipamento de mamografia. Além do mamógrafo, o Hospital Jaraguá, preocupado com as tecnologias de ponta, apresentou às pessoas da região as ressonâncias magnéticas; hoje conta com a melhor e mais moderna Ressonância 3.0 Teslas, amplamente utilizada inclusive para o diagnóstico precoce do câncer de mama.

Foto: Divulgação/Hospital São José

Mamografia

É realizada em um mamógrafo digital – aparelho de raio-x que capta as imagens. A mama é posicionada em uma placa de acrílico que respeita as curvas da mulher e levemente comprimida para espalhar o tecido da glândula mamária, permitindo que o equipamento registre as imagens da região. Uma vez posicionado no aparelho, o exame é rápido.

É indicado que cada mulher considere suas características e siga a orientação do seu médico ginecologista e/ou mastologista. Campanhas comumente indicam às mulheres acima de 40 anos de idade façam o exame anualmente.

O Hospital Jaraguá foi o primeiro a disponibilizar o exame de mamografia digital com até 50% menos radiação em relação aos outros equipamentos. Além disso, é mais confortável, pois o controle da compressão mamária pode ser realizado pela própria mulher.

Ressonância Mamária

Segundo a médica mastologista, outra forma complementar que ajuda a realizar o diagnóstico precoce do câncer de mama é a ressonância mamária, realizada no equipamento de ressonância magnética. “É um exame que pode tirar dúvidas, dependendo do que se está avaliando na mamografia ou ultrassom”, explica.

A ressonância mamária é utilizada principalmente em mulheres que já foram diagnosticadas com câncer de mama para determinar, com mais precisão, o tamanho do tumor e a existência (ou não) de outros tumores na mama. É recomendada junto com a mamografia anual para diagnóstico do câncer de mama em mulheres com alto risco da doença. Recomenda-se que mulheres que possuam implante de próteses mamárias (silicone), a critério do seu médico, façam a ressonância mamária para acompanhamento da saúde de suas mamas.

O Hospital Jaraguá foi mais uma vez inovador ao trazer em primeira mão a Ressonância Magnética 3.0 Teslas, um modelo inédito em Santa Catarina. O equipamento traz tecnologias que colocam o bem-estar do paciente no centro de tudo. Seus diferenciais envolvem maior conforto na hora de executar o exame e maior precisão nos diagnósticos, pois sua qualidade de imagem é incomparável.

Todos esses serviços estão disponíveis no Centro de Imagem do Hospital Jaraguá. A equipe é sinônimo de excelência e atualização profissional no campo de radiodiagnóstico e se dedica diariamente a oferecer serviços com a máxima qualidade para cuidar do que é mais importante: a sua Vida.

Hospital Jaraguá: curando o presente, cuidando do futuro!

Como agendar:

 

Telefone (47) 3371-8776

WhatsApp (47) 9 9992-6391.

 

Notícias no celular

Whatsapp