É inevitável, com o passar dos anos, os sinais da idade acabam ficando mais evidentes, principalmente na região do rosto. Mesmo com os cuidados com a alimentação, uso de hidratantes e filtro solar, chega uma hora que se torna impossível barrar os efeitos do tempo.

Mas o passar dos anos não precisa mais ser um motivo de desespero. Felizmente, com os avanços da tecnologia, e pesquisas na área estética, métodos de tratamento cada vez menos invasivos surgem no mercado, dispensando procedimentos cirúrgicos. Entre eles, o que mais tem feito sucesso no mundo é o Ultherapy.

De acordo com o dermatologista Dr. Eduardo Bornhausen, este sistema, baseado na aplicação de energia ultrassom microfocado, surgiu nos Estados Unidos recentemente. Sem precisar de cirurgias, tratamento promove um efeito lifting imediato e segue fazendo efeito, com melhorias, por até três meses após o procedimento.

Esta tecnologia proporciona um rápido lifting facial da pele da face, pálpebras, pescoço ou colo. No Ultherapy a energia age em plano profundo, no Sistema Músculo Aponeurótico Superficial (SMAS), promovendo o enrijecimento do tecido de dentro para fora, para devolver firmeza à pele.

O tratamento pode ser feito tanto em homens, quanto em mulheres, de qualquer idade, sendo mais comum a aplicação em pessoas com idade entre os 30 e 70 anos.

Resultados naturais e sem dor

Além de não ser um procedimento cirúrgico, o Ultherapy também não requer o uso de agulhas e injeções para anestesia, sendo um procedimento praticamente sem dor. O número de sessões varia de acordo com cada caso, e cada uma dura em torno de 60 minutos.

“Uma única sessão pode ajudar a levantar as sobrancelhas, reposicionar as maçãs do rosto e definir melhor o ângulo da mandíbula”, comenta Bornhausen que ainda sugere a busca de uma nova sessão de tratamento dentro de um ano.

Os resultados são bastante naturais e, em geral, requerem apenas uma sessão de tratamento. Depois da sessão, o paciente pode notar discreto inchaço ou vermelhidão, mas que irão desaparecer no dia seguinte, sem dores.