A adolescência é uma fase marcada por descobertas e transformações no corpo, mas nem sempre elas são boas. Neste período, o crescimento rápido acaba sendo responsável pela formação de manchas indesejadas, como as estrias, consideradas vilãs do bem-estar.

O surgimento da estria se dá através da atrofia da pele e do rompimento das fibras colágenas localizadas na derme. A pediatra Ana Paula Longo explica que este é um problema estético que pode vir a causar problemas emocionais.

Mais frequente nas meninas, as marcas aparecem geralmente nas mamas, nas laterais do quadril, coxas e bumbum. Já nos meninos, elas podem ser visualizadas com mais frequência nas costas, nos ombros, no bumbum e nos braços (como ocorre crescimento dos músculos).

“Essas marcas provocam constrangimento nos jovens que já passam, por si só, por uma fase de dúvidas e timidez. A situação é ainda pior quando a criança é morena e a estria branca, porque aparece mais na pele; assim os jovens acabam não querendo mais usar roupas curtas ou biquíni no verão”, explica Ana Paula.

Segundo a médica, é muito difícil prevenir o aparecimento destas marcas, principalmente porque cada corpo reage de forma diferente e é impossível evitar o crescimento. Mas o uso frequente de cremes e hidratantes pode ajudar, deixando a pele hidratada.

Foto Matheus Wittkowski

Tratamento seguro e eficaz

De forma geral, existem três tipos de estrias, as roxas, vermelhas e as brancas. Cada uma tem um tipo de tratamento diferente. Independentemente do tipo de marca, quanto mais cedo o jovem iniciar o tratamento, melhor.

Quando se trata de uma estria roxa, o sucesso do tratamento é praticamente certo e indolor. É feita a aplicação de uma enzima na marca e, em seguida, feito um processo de peeling na pele.

As que têm coloração vermelha são um pouco mais difíceis de tratar, em comparação às roxas. Também é aplicada enzima e pode-se associar a carboxiterapia, um processo um pouco mais dolorido. Já as estrias brancas, o único tratamento eficaz é a laser.

Um médico é sempre o mais indicados para fazer estes tipos de tratamentos estéticos. Ele saberá se o tratamento está realmente funcionando, qual a melhor indicação e se precisa incluir outro procedimento junto.

O profissional também poderá orientar o paciente, ajudar na alimentação e fazer o acompanhamento de forma correta e segura.

Onde encontrar

A pediatra Dra. Ana Paula Longo é uma das médicas habilitadas a fazerem o tratamento em Jaraguá do Sul. O consultório fica na Class Centro Clínico, na Rua Expedicionário Antônio Carlos Ferreira, 782, bairro Nova Brasília.

Entre em contato pelo (47) 9 9248-8080 ou no Facebook. Conheça mais sobre a clínica Class no Facebook.

Dra. Ana Paula Longo - pediatra | CRM - 18295/SC