Escritor de Jaraguá do Sul faz doação de 50 livros para vítimas das enchentes do RS

Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal

Por: Maria Luiza Venturelli

16/05/2024 - 15:05 - Atualizada em: 17/05/2024 - 14:12

A situação das enchentes no Rio Grande do Sul resultou em milhares de pessoas desabrigadas, que foram forçadas a buscar refúgio em abrigos temporários. Nesses momentos de crise, a solidariedade é essencial para proporcionar algum alívio e conforto aos afetados.

Além dos donativos essenciais, como alimentos e produtos de limpeza e higiene pessoal, a doação de livros também pode desempenhar um papel importante e servir de acalento para os gaúchos. A leitura oferece uma forma de entretenimento e distração, mas também ajuda a manter a continuidade educacional de crianças e jovens, além de proporcionar suporte emocional e mental para todos os afetados.

Foi por conta deste pensamento que o conselheiro da Rede OCP de Comunicação, Nelson Luiz Pereira, decidiu doar 50 exemplares do seu livro “Além do Quintal” para os afetados pelas chuvas no estado vizinho. Além de professor e administrador, Nelson também é escritor e acredita que a leitura pode trazer um senso de normalidade e esperança para as comunidades atingidas.

O romance conta a história do menino Lorenzo, que é forçado a sair de casa para morar em um lugar distante. O protagonista conhece pessoas no decorrer de sua jornada, vive aventuras, medos, amores e desilusões. O leitor acompanha as escolhas de vida que moldam o caráter de um ser humano e o encorajam a enfrentar a vida além do cercado de seu quintal.

A importância de ajudar

Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal

De acordo com o autor, a ideia de fazer a doação surgiu espontaneamente enquanto ele refletia sobre o impacto das narrativas em meio à adversidade. “Será que o drama de Lorenzo, protagonista do romance, não poderia ser uma forma de alimentar a alma de uma pessoa desesperançosa em um abrigo?”, questionou-se.

Para Nelson, a importância da ação transcende o simples ato de distribuir livros, é uma expressão de sua crença na capacidade transformadora da solidariedade. “Não há outro propósito de habitarmos esse planeta, senão para servirmos uns aos outros. Penso que ser servido sem servir é apenas existir”, afirma ele.

A expectativa, segundo ele, é que a obra faça a diferença, mesmo que sutil, na vida de quem receber a doação. “Se essa obra resgatar a esperança e resiliência de uma pessoa que seja, entre tantos que sofrem neste momento, já teria valido a pena”, resume.

“A leitura sempre nos faz ampliar nosso mundo. O mundo de uma pessoa desabrigada certamente é diminuto e limitado, porém, pode ser transformado e ampliado nas páginas de um livro”, finaliza o escritor.

Sobre o autor

Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal

Nelson Luiz Pereira nasceu em 1960, em Rio do Oeste (SC), radicando-se em Jaraguá do Sul em 1978. É Bacharel em Economia, com três pós-graduações nas áreas de Administração, Marketing e Controladoria. É Mestre em Gestão Moderna de Negócios e Doutorando em Educação – Inteligência Emocional.

Faça a sua parte

Foto: Divulgação/Agência Brasil

Diversas instituições, sejam públicas, privadas ou filantrópicas, estão coordenando esforços para receber as doações vindas de todas as partes do país e distribuí-las.

Nesse processo, é essencial compreender quais regiões necessitam de quais tipos de artigos e realizar uma triagem do que é recebido. Antes de fazer uma doação, garanta que os itens enviados estejam em bom estado. Órgãos do governo gaúcho já se mobilizaram e abriram contas para o recebimento de doações diretas:

SOS Rio Grande do Sul – do Governo Estadual

Pix CNPJ: 92958800000138

Prefeitura de Porto Alegre

Pix CNPJ: 92963560000160

Ministério Público gaúcho

Pix CNPJ: 25404730000189

Associação do Ministério Público do RS

Pix CNPJ: 87027595000157

Rede de Bancos de Alimentos do RS

Pix CNPJ: 04580781000191

Projeto “Boa Notícia”

Em meio a notícias muitas vezes desanimadoras, encontrar motivos para celebrar pode parecer uma tarefa difícil. O projeto “Boa Notícia”, lançamento do OCP News, quer ajudar a mudar essa narrativa e espalhar um pouco de luz e esperança para as pessoas de Jaraguá do Sul e região, através de relatos e histórias da própria comunidade.

Tem uma história que merece ser compartilhada com o mundo? Envie-a para a rede OCP!

Entre em contato conosco pelo WhatsApp (47) 9 9645-2640.

Notícias no celular

Whatsapp