Mesmo durante o período de recesso dos serviços municipais, a equipe da Vigilância Ambiental realizará visitas a armadilhas e residências para verificar focos do mosquito aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus. “Por conta da multiplicação do mosquito nesta época de temperaturas elevadas, precisamos manter a atenção para evitar o risco de uma epidemia”, explica a coordenadora do Serviço de Vigilância Ambiental, Nicoli dos Anjos. A atuação dos agentes será nos dias 18, 19 e 20, e ainda nos dias 26, 27 e 28 de dezembro, das 7h30 às 12 horas. O morador que desejar solicitar uma visita ou tiver dúvida sobre uma situação de foco no bairro, pode solicitar uma visita da equipe pelo telefone 3432.2337, nos dias do plantão. Coleta do caramujo africano nos PA´s Durante o período de recesso de final de ano (entre 19 de dezembro e 1o de janeiro), a coleta de caramujo africano não será feita nos postos de saúde. Nesse período, tomando o devido cuidado de usar luvas descartáveis ou sacos plásticos nas mãos, como medida de proteção, na hora da coleta, os moluscos devem ser levados e depositados nos tambores instalados nos Pronto Atendimentos Leste, Norte ou Sul. A orientação é que o molusco não seja morto com sal porque mesmo que desidrate vai contaminar o solo, e a concha vazia ainda pode se tornar um criadouro do aedes aegypti. O perigo do caramujo africano está no fato de ser hospedeiro de vermes que causam grave tipo de meningite, responsável por paralisar o sistema nervoso central. Caso se instale nos olhos, o verme pode ainda provocar cegueira, e também pode se instalar no intestino. Desse modo, alimentos em contato com o caramujo podem estar contaminados. Daí a importância da higienização correta antes do consumo. Os moluscos depositados nos tambores terão um destino adequado, o aterro sanitário, onde passarão por trituração e depois serão depositados numa vala séptica. Mais informações Para ajudar a combater o mosquito transmissor da dengue, veja Combater o mosquito da dengue. Para saber mais sobre as doenças que ele transmite, veja Dengue, chikungunya e zika vírus. *Via Assessoria de Imprensa