A cena chama a atenção logo na entrada da recepção do Posto Simon, na BR 101, em Imbituba. Três cachorros deitados em seus puffs, bem acolhidos, num ambiente quentinho e confortável. Todos eles foram abandonados no pátio do estabelecimento e prontamente adotados pelos proprietários.

A ação faz parte de uma visão social da empresa, desde que foi criada há 5 anos, que acolhe, cuida e coloca para adoção. Além dos três que tomaram conta da recepção – e não deixam nenhum outro animal entrar – há mais sete espalhados pelo posto, todos muito bem cuidados.

Rosimeri Santos Simon, uma das donas, conta que uma delas, chamada de Vadia, passa o dia deitada no puff (por isso ganhou esse nome) e não quer outra vida. “Um dia desses um senhor passou e resolveu adotar a Vadia. Mas depois de alguns dias viu que ela estava triste. Daí voltou e devolveu. Ele percebeu que a Vadia fica mais feliz aqui no posto”, conta, sem esconder a satisfação.

Ao lado do marido, Julio César Simon, e do cunhado, João Carlos Simon, Rosimeri esbanja alegria ao falar dos bichinhos. “Eles inclusive ganham crachás, como se fossem funcionários. Mas são danados e acabam tirando as identificações”, revela.

Com crachás ou não, o fato é que os pets identificam que dentro do Posto Simon o que não falta é amor e afeto, num belo exemplo social - além de um puff bem acolhedor.

Receba as notícias do OCP no WhatsApp: