A polêmica da vez vem da pequena cidade catarinense de Witmarsum. Para aqueles que não conheciam o município de cerca de 3.800 no Vale do Itajaí, o motivo para descobri-la é, no mínimo, inusitado e cômico. Até mesmo constrangedor. Um jovem vereador da cidade foi filmado enquanto estaria supostamente pagando uma aposta perdida. Mas, ao contrário do que muita gente faz, apostando “micos” em público ou até mesmo dinheiro, o vereador Marcos Montibeller (PMDB), de 29 anos, foi filmado grampeando o próprio pênis em uma mesa. A filmagem revela toda a "brincadeira" até o desfecho final, quando precisou da ajuda de um garfo e de uma chave de fenda para livrar-se do grampo. Sem nenhum constrangimento ou sem esboçar dor, o vereador tenta tirar o grampo enquanto várias pessoas ao seu redor riem muito. Ao contrário do que algumas pessoas divulgaram, a brincadeira não ocorreu em uma sessão da Câmara, mas aparentemente logo após um jantar entre amigos, pois em sua frente aparece uma panela e ele usa o garfo do prato ao lado. O vídeo ganhou as redes sociais. Na cidade, desde a quarta-feira virou o assunto mais comentado e agora começa a ganhar repercussão nacional. O vereador chegou a ser procurado por uma rede de TV local para comentar o assunto, mas se limitou a dizer que será candidato a deputado estadual, ao final da sessão na Câmara de Vereadores. Seus colegas também estão evitando comentar o assunto. "Não se pode mais nem grampear o pinto na mesa sossegado. hahahaha. Deixa o vereador grampear o pingulim dele onde ele quiser. Se a conduta dele como agente público for honesta, deixa ele", diverte-se um internauta. Acompanhe a reportagem feita pela Rede Bela Aliança: https://youtu.be/67ueUjCyAlM