A força da correnteza estourou as amarras do navio Kiwi Arrow, atracado no Porto de Itajaí (veja acima), na manhã desta quinta-feira (5). A embarcação panamenha precisou ser contida por rebocadores até que os cabos fossem ajustados. Um ciclone extratropical influencia o tempo em Santa Catarina desde segunda-feira (2).

As informações são do portal G1.

Imagens feitas pelo trabalhador portuário Edson Francisco da Silva registraram o estouro dos cabos. Primeiro foram os de popa, a parte de trás do navio. Em seguida, os de proa - a parte da frente. O propulsor de proa foi acionado para controlar o navio até a chegada dos rebocadores.

O mau tempo levou a Marinha a interromper o canal de acesso aos portos de Itajaí e Navegantes nesta quinta-feira. Até as 6h50, quatro navios estavam atracados e aguardavam autorização para sair do local. Não há previsão de liberação.

Os práticos, que são os guias das embarcações dentro dos portos, monitoram o nível do Rio Itajaí-Açu, no Vale do Itajaí. Em Rio do Sul, a atualização da prefeitura às 6h desta quinta mostrava que a cota de inundação estava em 10 metros. Em Blumenau, na mesma região, na última leitura, às 6h, o rio que passa na cidade marcava 9,29 metros.

Segundo a Defesa Civil de Santa Catarina, as rajadas de vento podem chegar a 80 km/h nesta quinta. No mar, as ondas ultrapassam dos 4 metros e segue o alerta de alagamentos costeiros e deslizamentos.