Com equipe de prontidão 24 horas, para necessidades emergenciais de transplantes de rim, o Hospital São José, de Criciúma, por meio de seus médicos nefrologistas e urologistas, vem desempenhando um papel fundamental no auxílio a pacientes que necessitem de transplante renal na região.

Na última semana, a equipe realizou dois procedimentos em um único dia.

Duas pessoas poderão ter uma vida normal a partir de agora.

Assim, o São José chega em nove transplantes renais desde a implantação do serviço, em novembro de 2019.

Pacientes

Os pacientes que realizaram transplantes na última semana foram: uma mulher, de 24 anos, que realizava diálise há um ano, e um homem, de 40 anos, que estava em diálise há seis meses.

“No contexto em que estamos vivendo, em meio a tantas notícias ruins, é muito importante termos motivos para celebrar a mudança de vida desses pacientes. O transplante renal melhora muito a qualidade de vida, assim como a sobrevida. Detalhes do cotidiano, que antes eram impossíveis e limitantes, tornam-se agora reais e tangíveis”, comenta a médica nefrologista, responsável pelo procedimento, Thatyana Wendhausen.

Os dois pacientes que realizaram transplante passam bem e agora aguardam o processo de recuperação, realização de exames pós-operatórios, entre outras avaliações, para receberem alta e assim seguirem suas vidas daqui para frente.

Processo

Para que um processo de transplante aconteça, uma equipe com médicos nefrologistas, urologistas, equipe de apoio e outros profissionais da área assistencial precisam estar envolvidos.

Para estes procedimentos, o HSJosé contou com a equipe de nefrologia e urologia.

O procedimento também teve o apoio da equipe de especialistas da Santa Casa, de Porto Alegre.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul