Os vereadores mirins titulares e suplentes da Legislatura 2022 encerraram na última sexta-feira (11) o Curso de Oratória e Comunicação, oferecido pela Escola do Legislativo Fritz Müller da Câmara em parceria com o Programa Vereador Mirim. O curso, que aconteceu durante esta semana no plenário da Câmara, completou uma carga horária de 20 horas e foi ministrado pela formadora e jornalista Liliani Bento. Essa formação marcou o início dos trabalhos da Escola do Legislativo neste ano de 2022, sendo o primeiro curso da formação para os parlamentares mirins organizado pela Escola. Posteriormente os participantes receberão seus certificados.

Durante o decorrer da semana alguns dos principais conteúdos abordados pela formadora Liliani Bento foram a questão da postura, técnicas de como falar em público, além da estrutura textual, com introdução, corpo e conclusão, os vícios de linguagem, os signos e as figuras de linguagem, entre outros assuntos. A facilitadora apontou que ao mesmo tempo em que apresentava os conteúdos, também já fazia trabalhos práticos sobre o conteúdo em forma de apresentação para treinar a postura, o posicionamento, a maneira de falar, a dicção deles, e apontar as correções e os pontos em que poderiam melhorar. Como atividade de finalização, nesta sexta-feira, os parlamentares mirins fizeram seus discursos na tribuna.

“Esse curso foi fundamental para os vereadores mirins, porque dessa forma eles entram mais preparados e já tendo a noção de como devem se portar e comportar quando forem defender uma ideia no exercício das suas funções. Também foi a oportunidade de saberem com mais propriedade o que fazer quando forem falar em público, pois eles só têm essa experiência nos trabalhos da escola”, enfatizou Liliani Bento. Ela também apontou que o que aprenderam no curso vão utilizar não só para a função de vereador mirim, mas também para a vida. ‘‘Aprender a se comunicar, a se posicionar é fundamental em qualquer emprego, em qualquer lugar onde estiverem”, sinalizou.

A estudante Beatriz Caroline de Andrade, do 8° ano, representante da Escola Básica Municipal Bilíngue Professora Hella Altenburg, apontou que o curso foi excelente e necessário para a sua função como vereadora mirim titular. “Esse curso foi preparatório para podermos fazer os nossos discursos de forma correta, assertiva. Aprendemos que a oratória vai muito além da fala, depende dos gestos, da vestimenta, das cores, da postura, tudo isso faz parte da oratória e tudo precisa estar em sintonia. A formação também foi importante não só para este momento, mas vai servir para outras situações das nossas vidas”, ressaltou.

O suplente de vereador mirim Lucas Eduardo Piske Fogolari, do 8° ano, também da Escola Básica Municipal Bilíngue Professora Hella Altenburg, concordou com a colega, dizendo que o curso foi muito bom e que poucos estudantes têm essa oportunidade. “É uma chance única, acredito que no futuro outras oportunidades e portas vão se abrir para nós. Neste curso fizemos amigos que acredito que vamos levar para o resto da vida. O aprendizado vai servir para além das nossas funções na Câmara Mirim. Também quem sabe no futuro alguém daqui possa sair como vereador ou vereadora e possa utilizar desses aprendizados para aprimorar o seu desempenho e ser bem-sucedido na vida”, almejou. O estudante também falou da troca de experiências que obteve durante o curso com a colega e titular Beatriz Caroline de Andrade. “Eu a auxiliei na elaboração dos discursos, fizemos essa troca, de cada um fazendo uma parte e colaborando um com o outro. Eu como suplente também preciso estar preparado no caso de alguma eventualidade”.

A vereadora mirim titular Amanda Eduarda Ferreira, do 9° ano da Escola de Educação Básica Cel. Pedro Christiano Feddersen, avaliou que o curso foi uma experiência incrível e única. Apontou que essa formação a proporcionou muitas oportunidades que, muitas vezes, outros adolescentes não conseguem ter. “É essencial saber se comunicar para exercer a função de vereadora mirim, pois lidamos com pessoas, com o público e com as mídias. Aprendi a maneira de me comunicar, eu não imaginava que existiam tantas maneiras de se expressar, pois você se comunica não só pela fala, mas também pela cor da sua roupa, pelos seus gestos. É incrível ver como nós podemos demonstrar o que sentimos e o que queremos dizer através de coisas simples”, ressaltou.

O parlamentar mirim Yuri Mendes Cobos Balint, do 9° ano da Escola de Educação Básica Professor Lothar Krieck, fez um balanço do curso. Apontou que nos primeiros dias já pôde perceber quantos aprendizados o esperavam. “Eu acredito que tenho um bom nível de oralidade, mas aqui no curso pude aprimorar com os aprendizados que obtive, principalmente por aprender que a oratória não diz respeito só a fala, mas também tem ligação com a linguagem corporal, com as gesticulações, com o modo como você se expressa”, revelou, acrescentando que os ensinamentos que obteve no curso vão acompanhá-lo durante o decorrer do mandato. “O aprendizado não finaliza aqui com este curso, o aprendizado é contínuo. Recebemos uma apostila na qual podemos revisar o conteúdo e buscá-la sempre que tivermos dúvida. Estamos sempre em constante aprendizado e buscando sempre conhecer mais”.

Para concluir, a formadora fez um balanço do curso, dizendo que pôde perceber uma grande evolução dos alunos. “Eu percebi que eles estavam ávidos por conhecimento, eles queriam mais e acredito que vão continuar a pesquisar sobre o assunto. Também aposto que serão excelentes vereadores mirins”, destacou.

A Escola do Legislativo já está programando uma série de outras formações para este público, a fim de compor o programa e auxiliar no aprendizado destes adolescentes.