O verão começa oficialmente logo mais, mas os termômetros já deram mostras que o calor vai ser intenso nos próximos três meses.

Na noite desta sexta-feira (21), a estação mais quente do ano tem seu pontapé oficial e a previsão, de acordo com o Epagri/Ciram as temperaturas devem ficar dentro da média climatológica, embora possa haver episódios de calor mais intenso.

Outros modelos, como do Instituto Nacional de Meteorologia, apontam para a ocorrência do fenômeno El Niño, mais intensidade no calor e ocorrência de chuva intensa.

Na última semana, Jaraguá do Sul chegou a registrar mais de 40°C e nos próximos meses, essa deve ser a realidade, com temperaturas entre 30°C e 40°C, mas com sensação térmica superior devido à umidade.

As chuvas também não devem ultrapassar a média já registrada em outros anos e ficam entre 100 e 200 milímetros em todo o estado.

Para a dona de casa Andressa Lima, 21 anos, o calor, neste ano, deve superar o do último verão. “Eu acredito que vai ser bem mais quente. O calor já está insuportável, bem diferente do ano passado. Durante o dia é esse calor todo, durante a noite fica abafado. Não tem como”, diz.

Para amenizar o calor do filho David Lima, 5 anos, Andressa aposta no ventilador e na piscina e chama a atenção para os cuidados que devem ser intensificados nesta época.

“Nem o ar condicionado dá conta às vezes, então, ele vive na piscina e no ventilador. Tomamos todos os cuidados porque sabemos o quanto é importante, principalmente o protetor solar, mas também óculos e bonés”, salienta.

O pequeno Thiarlison de Souza, 7 anos, já elegeu sorvete e praia como seus preferidos no verão, apesar de dizer que não sabe nadar. “Já estou com muito calor, nem precisa começar o verão”, diz enquanto aproveito um belo sorvete à sombra do Calçadão.

El Niño deve afetar o clima

O verão começa pontualmente às 20h22 desta sexta-feira após um dia ensolarado. No fim de semana, as temperaturas seguem elevadas no sábado (22) e uma leve queda no domingo (23), com previsão de sol e pancadas de chuva entre a tarde e noite dos dois dias.

De acordo com boletim do Instituto Nacional de Meteorologia, com a configuração do fenômeno El Niño durante o verão, estão previstas chuvas ligeiramente acima da normal no leste de Santa Catarina, ou seja, no litoral. Nas demais áreas as chuvas devem variar dentro da faixa normal ou ligeiramente abaixo.

"As temperaturas devem ficar um pouco acima da média em praticamente toda a região; a exceção é apenas o sul do Rio Grande do Sul, onde as temperaturas podem ficar dentro da normalidade", aponta a nota.

O fenômeno El Niño é natural e tem, como principal característica, dar variabilidade ao clima no planeta. Ocasionando o aquecimento anormal nas águas do Oceano Pacífico, próximo à linha do Equador, o fenômeno influencia a dinâmica atmosférica causando anomalias.

Mesmo com pesquisas e observações históricas, já que a ocorrência varia de dois a sete anos, ainda não existe consenso científico sobre as causas do fenômeno. A última ocorrência do fenômeno foi em 2015.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?