O município de Jaraguá do Sul recebeu no fim da tarde de quarta-feira (22), uma remessa com mais 8.472 novas doses de vacinas contra a Covid-19 e dará continuidade ao Plano Nacional de Imunização, especialmente aos grupos cuja vacinação estava suspensa.

De acordo com Nota Técnica 0053/2021 da Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado, sete mil doses serão destinadas ao público com idade acima dos 18 anos, cuja aplicação da primeira dose (D1), estava suspensa desde o dia 13 de setembro. Outras 462 doses serão aplicadas em adolescentes (faixa etária atual de 12 a 17 anos. Nesta remessa, há ainda 2.010 doses do imunizante destinado à dose de reforço para pessoas com idade acima de 75 anos e que receberam as duas primeiras doses da vacina contra a Covid-19 até o dia 30 de abril.

Vacinação liberada:

Primeira dose (D1)
Liberada para adolescentes de 12 a 17 anos
Liberada para pessoas com 18 anos e mais

Segunda dose (D2)
Liberada para quem já fez a D1 e está no prazo de retorno

Reforço

Liberado para pessoas com idade acima de 75 anos e que tomaram as duas doses até o dia 30 de abril
Liberado para pessoas com alto grau de imunossupressão. De acordo com o Ministério da Saúde, as pessoas acometidas por alto grau de imunossupressão devem fazer a dose de reforço com intervalo de 28 dias após a última dose do esquema vacinal contra a Covid-19.

Documentos necessário para comprovar a condição:

  • Laudo médico indicando alto grau de imunossupressão conforme lista abaixo e/ou Receita médica conforme o uso das medicações citadas abaixo
  • Documento pessoal com foto
  • Carteirinha de Vacinação com a comprovação do esquema vacinal completo
  • Comprovante de residência

Patologias que se enquadram no alto grau de imunossupressão:

  • Imunodeficiência primária grave
  • Quimioterapia para câncer
  • Transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras
  • Pessoas vivendo com HIV/Aids com CD4 maior que 200 céls/mm3
  • Uso de corticóides em doses menor ou igual a 20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por menor ou igual a 14 dias
  • Uso de drogas modificadoras da resposta imune.
  • Pacientes em hemodiálise.
  • Pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas (reumatológicas, auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias)

Medicações que se enquadram no alto grau de imunossupressão:

  • Metotrexato
  • Leflunomida
  • Micofenolato de mofetila
  • Azatiprina
  • Ciclofosfamida
  • Ciclosporina
  • Tacrolimus
  • 6-mercaptopurina
  • Biológicos em geral (infliximabe, etanercept, humira, adalimumabe, tocilizumabe, Canakinumabe, golimumabe, certolizumabe, abatacepte, Secukinumabe, ustekinumabe
  • Inibidores da JAK (Tofacitinibe, baracitinibe e Upadacitinibe)

Antecipação da segunda dose da Pfizer:

Desde o dia 21 de setembro, o município de Jaraguá do Sul está agendando a segunda dose (D2), para pessoas que receberam a D1 do imunizante Pfizer com intervalo de oito semanas, seguindo orientações da Secretaria de Estado da Saúde. Quanto ao público imunizado que recebeu a D1 da Pfizer antes do dia 21 de setembro, a orientação é manter a data estabelecida na carteirinha de vacinação.