Na última sexta-feira (27), o Ministério da Saúde informou que a vacina contra o novo coronavírus não deve ser oferecida para toda população em 2021.

"Nós definimos objetivos [com grupos prioritários] para a vacinação, porque não temos uma vacina para vacinar toda a população brasileira. Além disso, os estudos não preveem estar trabalhando com todas as faixas etárias inicialmente, então não teríamos mesmo como vacinar toda a população brasileira", disse Francieli Fontana, coordenadora do Programa Nacional de Imunizações (PNI) da pasta.

Outro motivo apontado pelo secretário-executivo Elcio Franco é a limitação mundial de produção da vacina.

“Quando a gente fala em imunização, o mundo não entende que terá que ter vacina para todos. A própria Covax Facility, iniciativa que junta uma série de laboratórios, ela almeja acesso a 2 bilhões de doses para a vacinar todo o mundo, e por aí verificamos que é uma meta bastante ambiciosa porque não se imagina que haverá vacina para vacinar todos os cidadãos do planeta Terra”, afirmou.

No Brasil, quatro laboratórios passam por testes: Sinovac, Oxford e AstraZeneca, Janssen e BioNTech/Pfizer.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul