Cientistas israelenses afirmaram que a produção de uma vacina oral para o novo coronavírus está na fase final. A expectativa é que o teste em humanos comece no dia 1º de junho. Em entrevista ao jornal "The Jerusalem Post", o doutor Chen Katz, líder do grupo de biotecnologia Migal, disse que o componente ativo da vacina ficará pronto em pouco tempo. A informação foi publicada no portal da UOL.

"Nós estamos nos estágios finais e em poucos dias nós teremos as proteínas - componente ativo", contou.

O combate ao coronavírus seria uma adaptação da pesquisa que tem sido feita nos últimos quatro anos, em que os pesquisadores desenvolveram uma vacina para o vírus da bronquite infecciosa (IBV), que causa uma doença brônquica que afeta aves. A eficácia da vacina foi comprovada em ensaios pré-clínicos realizados no Instituto Veterinário.

Um estudo feito em galinhas mostra que o vírus tem características genéticas similares ao covid-19. Os pesquisadores agora tentam completar a vacina em até três semanas e, se os resultados forem positivos, é possível que ela chegue ao mercado em 90 dias.

 

*Informações UOL Notícias.

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul