A chuva intensa e a força dos ventos que atingiram muitas regiões de Santa Catarina nesta quinta-feira (26) deixaram em alerta a equipe da Defesa civil de Urussanga. Com precipitação de 55 mm, a chuva causou problemas em estradas, deslizamentos de terra, além de ter a vazão de bocas de lobo e drenagens comprometidas.

Entre as ocorrências atendidas está a queda de uma árvore na Avenida Longarone, situação essa já resolvida e trafego liberado. Ainda assim o Coordenador da Defesa Civil de Urussanga, Rafael Sales, junto da equipe da secretaria de Obras, faz um alerta. É que na estrada Geral do Bairro Belvedere, subida (próximo à primeira cachoeira) ocorreu um deslizamento de terra deixando o local em meia pista. “É preciso que os motoristas redobrem a atenção ao trafegar pela estrada em questão por que a via está em meia pista. As equipes da prefeitura já estão, desde cedo, no local avaliando e buscando resolver o problema com a maior brevidade possível”.

Um fator apresentado por causa do mau tempo, mas desta vez muito positivo, veio do relato de um morador de Rio Caeté, Carlos Cortez, que destaca o trabalho de limpeza do rio executado pelo governo junto da Defesa Civil municipal. “Se não fosse limpeza feita a água teria invadido a minha casa mais uma vez. Com essa ação a melhoria foi boa, pois quando a água vem do montanhão, enche o rio que passa bem próximo da minha casa e a situação seria preocupante”, comentou ele em um vídeo.

Sales explica que o serviço foi efetivado no início deste ano. “Um trabalho preventivo de limpeza e drenagem do rio que facilitou a abertura da vazão de água evitando o transbordamento do rio”, assinalou acrescentando que a Defesa Civil segue de plantão no município.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp