Desde quinta-feira (30), a Vigilância Epidemiológica de Florianópolis ganhou mais um reforço para ampliação da equipe de investigação contra a Covid-19 na Cidade. A iniciativa foi um espaço cedido pelo Centro de Ciências da Saúde e do Esporte (Cefid) da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc).

Poderão atuar nos espaços voluntários cadastrados na rede solidária Somar Floripa e alunos de cursos da área da saúde que estejam realizando estágios obrigatórios e não obrigatórios cadastrados na Escola de Saúde Pública da Secretaria Municipal de Saúde, além de servidores de demais setores da Prefeitura de Florianópolis. Todos os alunos das diversas instituições, como os da Faculdade de Santa Catarina (FASC), serão supervisionados diretamente pelos profissionais da Vigilância.

 

Contato com casos suspeitos

O novo reforço vai desenvolver tarefas como entrar em contato com casos suspeitos ou confirmados para o novo coronavírus, por exemplo. Neste contato serão feitas perguntas de praxe dos acompanhamentos, para identificar as possíveis situações de risco e quem mais pode ter contraído a doença, além de identificar novos casos.

A iniciativa, agora em espaço ampliado, conta com computadores, telefones e celulares. O trabalho em conjunto aos alunos, além de ampliar a equipe, faz com que eles tenham experiência em um momento único da história mundial.

 

 

 

Foto Studio OCP

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp