A TV italiana RAI exibiu na semana passada o documentário turístico sobre Florianópolis, gravado em fevereiro. Exibida no programa Kilimangiaro, que apresenta viagens ao redor do mundo, a produção teve duração de 10min20seg. Um segundo documentário está previsto para julho, quando serão mostrados outros destinos turísticos de SC. "Estes programas são uma grande vitrine que se abre para Santa Catarina no mercado europeu, que tem um turista diferenciado e com maior poder de consumo", destacou o secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Leonel Pavan. Quer receber as notícias no WhatsApp? Clique aqui As gravações em Florianópolis ocorreram entre os dias 15 e 18 de fevereiro. A Capital é apresentada como a "L'isola della magia" (A Ilha da Magia), um "paradisi diverso" (paraíso diferente) em "um altro brasile" (um outro Brasil). A trilha sonora é formada basicamente por canções locais, como O Mané" ou "Rancho de Amor à Ilha. As imagens mostram, além de praias, a renda do bilro, a figueira e a Praça XV, a catedral, o Mercado Público, o salão de festas das bruxas de Itaguaçu e de Franklin Cascaes, a Ilha do Campeche e suas inscrições rupestres, as dunas da Joaquina, a Lagoa da Conceição, a Ponte Hercílio Luz e outros pontos da Capital. >>> Confira a íntegra do documentário >>> Ou neste link  As cenas foram gravadas pelo jornalista Ivo Semeraro, que contou com ajuda de um drone. Semeraro, que grava e roteiriza edições do Kilimangiaro, roda o mundo atrás de destinos turísticos e já filmou programas na Tailândia, Madagascar, Vietnã, Inglaterra entre outros países. Em Santa Catarina, além de Florianópolis, também visitou Porto Belo, Balneário Camboriú, Joinville, São Francisco do Sul, Blumenau, Pomerode, Urubici, Nova Veneza e Gravatal, cidades que serão exibidas em um novo programa sobre o Estado. Apresentado semanalmente, aos domingos, o Kilimangiaro exibe destinos turísticos pelo mundo a uma audiência estimada de 4 milhões de telespectadores. Maior emissora de TV aberta da Itália, a RAI é uma das maiores empresas de comunicação da Europa e o quinto maior grupo de televisão do continente europeu.