No início de março, Mercedes May Cardoso, de 88 anos, teve que dar entrada no Hospital Santa Catarina, em Blumenau, após contrair a Covid-19. Por fazer parte do grupo mais vulnerável à doença, a internação da idosa gerou imensa preocupação na família.

O que os familiares não esperavam era que, apenas dois dias depois, Vera Lúcia Cardoso Alves, de 62 anos, e Camila Cardoso Alves, de 34 anos, filha e neta da dona Mercedes, também precisariam recorrer aos cuidados hospitalares.

Vera Lúcia, inclusive, foi encaminhada diretamente para a UTI, com 70% do pulmão comprometido e necessidade de ventilação mecânica. Naquele momento, três gerações da família Cardoso lutavam contra o coronavírus.

Tanto Camila como dona Mercedes responderam bem ao tratamento e receberam alta em 18 de março. Neste período, Vera Lúcia continuou em estado grave com um quadro de pneumonia.

No dia 9 de abril, 22 dias após a alta da mãe e da filha, ela apresentou melhora e foi transferida para o quarto. Após mais de um mês de agonia, Vera Lúcia, enfim, recebeu alta e pôde reencontrar a família.

 

“Temos muito a agradecer aos profissionais que se dedicaram para esse desfecho maravilhoso. Aos médicos que fizeram o acompanhamento das três e, com toda sua experiência e dedicação, salvaram a vida da Vera Lúcia”, comemorou Caroline Batista Cardoso, nora de Vera Lúcia.

 

Receba as notícias de Blumenau e região pelo WhatsApp clicando aqui.