A Estátua da Liberdade da Havan de Capão da Canoa (RS) já está novamente de pé. O monumento foi reerguido na última quinta-feira (27), 72 horas após tombar em razão de um ciclone que passou pela região.

O monumento foi removido ainda na segunda-feira e, na sequência, foram iniciados os reparos pela empresa responsável pelas estátuas da Havan.

Atuaram no projeto seis profissionais, que, além de consertar os estragos decorrentes da queda, revisaram e aprimoraram os itens de segurança.

“Eis o verdadeiro significado do trabalho em equipe, agilidade e eficiência. Imagine se fosse uma empresa pública que fizesse esse reparo? Ia demorar meses! É por situações assim que defendo tanto as privatizações”, afirmou o dono da Havan, Luciano Hang.