Duas mulheres e um homem foram surpreendidos na hora de receberem a vacina contra a Covid-19 em Caçador, no Meio-Oeste catarinense. Eles estavam fazendo o cadastro para a aplicação da primeira dose quando descobriram que seus CPFs já haviam sido utilizados para receber a vacina em outros estados.

Segundo a Prefeitura de Caçador, na consulta ao sistema, um servidor da Secretaria de Saúde de Caçador descobriu a possível fraude. Os CPFs foram usados nos estados do Piauí, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

“Nossa orientação foi para que estas pessoas fizessem um Boletim de Ocorrência para que os procedimentos criminais possam ser instaurados. Entretanto, entendendo a situação, aplicamos as doses da vacina nestas pessoas e notificamos também o Ministério da Saúde”, completou o secretário Roberto Marton.

A identidade das pessoas e a fabricante da vacina não foram divulgadas.

Segundo a Dive (Diretoria de Vigilância Epidemiológica), o ocorrido não passa de um erro de digitação no registro nos estados vizinhos. Os mesmos já foram alertados e devem fazer a exclusão desses registros.