Neste sábado (6), uma ação programada no bairro Progresso, conhecido como Nova Rússia, dará a dimensão de um cenário real de desastre em Blumenau. A ideia é simular uma situação de crise, com atendimento de ocorrências simultâneas, além da necessidade de deslocamento de equipes de diversos órgãos e ativação de abrigos na cidade.

Cerca de 170 pessoas participam do grupo de apoio às atividades, que contam com a organização da Secretaria Municipal de Defesa do Cidadão, em parceria com o 3º Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar, 23º Batalhão de Infantaria, 10º Batalhão de Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal e Samu.

As atividades fazem parte da programação do Julho Laranja, o mês voltado à prevenção de desastres naturais. A programação completa você encontra aqui.

Roteiro das atividades

As atividades, que serão divididas em cinco ocorrências, iniciam às 7h30 com reunião do Grupo de Ações Coordenadas (Grac), na escola José Vieira Corte. Antes disso, a comunidade já terá recebido avisos meteorológicos por meio do AlertaBlu, indicando chuva persistente, com média de 80 mm para sexta-feira (5) e sábado (6).

O Grac também receberá a informação de que, entre os dias 4 de junho e 4 de julho, a estação pluviométrica da região da Nova Rússia registrou um acumulado de 300 mm de chuvas, sendo que a média para o mês é de 91 mm.

Em seguida, às 8h, a comunidade do entorno recebe, pelo aplicativo AlertaBlu, o aviso de risco e a orientação para que siga ao abrigo mais próximo, no caso a escola José Vieira Corte. No local, os moradores serão recepcionados por voluntários, preenchendo o cadastro social e participando de atividades de orientação relacionadas à saúde, trânsito e lazer.

As ocorrências atendidas durante o simulado referem-se a deslizamentos, rompimento de uma barragem natural e enxurrada. As atividades encerram com uma reunião com a comunidade abrigada, às 11h, e logo após uma nova reunião de balanço do Grac, às 11h30.

Quer receber as notícias no WhatsApp?