O futuro do transporte é tema da nova temporada do torneio de robótica First Lego League (FLL), operado pelo SESI em Santa Catarina. As inscrições gratuitas estão abertas até o dia 26 de fevereiro. Para participar da etapa regional, estudantes de escolas da rede pública ou privada devem formar equipes de até dez integrantes e contar com a tutoria de até dois docentes.

Este ano, a competição ocorrerá presencialmente em Criciúma, nos dias 25 e 26 de março, e, devido à pandemia da Covid, será exclusiva para os competidores do torneio.
As melhores equipes participam de 27 a 29 de maio do Festival SESI de Robótica, previsto para acontecer no Pavilhão da Bienal, Parque do Ibirapuera, em São Paulo. O festival é decisivo para que os estudantes garantam vagas nas disputas internacionais da FLL, que ocorrem a partir de agosto.

Robótica eleva desempenho escolar dos estudantes

Estudantes que competiram em ao menos uma edição do Torneio SESI de Robótica entre 2018 e 2019 alcançaram notas maiores do que os estudantes que não competiram. Isso é o que mostra uma pesquisa da entidade que levou em conta o desempenho apenas dos estudantes das escolas do SESI.

“A robótica impacta significativamente o desempenho escolar dos estudantes, favorecendo o desenvolvimento de habilidades cognitivas e socioemocionais. Por isso, envolvê-los nesse ambiente é fundamental se queremos mais engenheiros, cientistas, pesquisadores e desenvolvedores de software atuando na sociedade”, sugere Fabrizio Machado Pereira, diretor de tecnologia e educação da FIESC.

O impacto sobre a nota de matemática foi de 5 pontos, o que significa que os competidores tiveram um desempenho 6,4% superior ao dos não competidores na nota média final de matemática em 2019. O impacto mensurado também é positivo e estatisticamente significantes nas disciplinas de linguagens e ciências humanas e sociais. Em Linguagens, a diferença de nota entre competidores e não competidores foi de 3,6 pontos (4,5%, em termos percentuais). Já em ciências humanas e sociais, a diferença entre os dois grupos foi de 4 pontos (5%).

O Torneio de Robótica

Cerca de 240 estudantes devem competir nesta etapa regional do torneio que é um processo de aprendizagem colaborativa no qual estudantes e professores aprendem conteúdos relacionados às áreas STEAM (ciência, tecnologia, engenharia, artes e matemática).
Por meio de uma experiência criativa, a cada temporada crianças e jovens de 9 a 16 anos são desafiados a resolver problemas do dia a dia e inspirados a seguir carreira em áreas de tecnologia e inovação no futuro.

Receba as notícias de Blumenau e região pelo WhatsApp clicando aqui.