Sugestão de mão inglesa é apresentada a técnicos de Sepud e Detrans

Sugestão de mão inglesa é apresentada a técnicos de Sepud e Detrans Sugestão de mão inglesa é apresentada a técnicos de Sepud e Detrans

Cotidiano

Por: OCP News Jaraguá do Sul

quinta-feira, 12:34 - 22/02/2018

OCP News Jaraguá do Sul
A implantação de mudanças na orientação do trânsito em algumas ruas da cidade foi tema de debate na Comissão de Urbanismo nesta quarta-feira (21). Foram propostas a implantação de mão inglesa em seis ruas ou segmentos de rua e de mão dupla em ruas onde hoje o tráfego é de mão única. As propostas, elaboradas por equipe do vereador Fabio Dalonso (PSD), foram apresentadas a técnicos da Secretaria de Planejamento Urbano e Desenvolvimento Sustentável (Sepud) e do Departamento Municipal de Trânsito (Detrans). Os técnicos da Prefeitura não fizeram avaliação das propostas na reunião, mas afirmaram que elas serão estudadas e realizadas se houver viabilidade e se significarem melhoria do trânsito nas regiões afetadas. Ruas e trechos de ruas em que há sugestão para mão inglesa: ANITA GARIBALDI – rua Major Navarro Lins, entre as ruas Rio Grande do Sul e Coronel Santiago; BOA VISTA – rua Barbalho, entre as ruas Helmuth Fallgater e Albano Schmidt; BOM RETIRO – ruas Germano Wetzel e Otto Nass, ambas entre a avenida Santos Dumont e a rua Tenente Antônio João; GLÓRIA – rua Regente Feijó, na íntegra, entre as ruas XV de Novembro e Max Colin; IRIRIÚ – rua Salto Veloso, entre as ruas Iririú e Baercker Wagner. Ruas e trechos de ruas em que há sugestão para mão dupla: CENTRO/BUCAREIN – rua Ministro Calógeras, entre a rua São Paulo e a avenida Coronel Procópio Gomes; BUCAREIN/ANITA GARIBALDI – rua Coronel Francisco Gomes, entre a rua Eugênio Moreira e a avenida Coronel Procópio Gomes. A maior parte das soluções apresentadas, conforme o assessor Antonio Perini, é para desafogar as filas que se formam na entrada e saída dessas ruas, tornando mais lento o fluxo de veículos nos binários que estão ao redor. Dalonso pediu uma posição sobre a possibilidade ou não da implantação das medidas, apresentadas por ele em redes sociais já há um ano. Conforme a gerente de mobilidade da Sepud, Taline Schroeder Rolim, as sugestões podem ser pertinentes, uma vez que muitos dos binários da cidade estão no sentido anti-horário e que, para resolver algumas situações de lentidão e evitar acidentes, a mão inglesa poderia ser uma resposta. Mão inglesa Mão inglesa é a orientação do trânsito pela qual o motorista deve estar na pista da esquerda (mão francesa), e não na da direita, como funciona no sistema de trânsito brasileiro. A mão inglesa, criada na Inglaterra, é adotada de forma integral em países como o Reino Unido, a Índia, a África do Sul, a Austrália e o Japão. Em geral, esses países possuem carros feitos para esse sistema, com o volante do lado direito do carro. Em Joinville, a mão inglesa já funciona fazendo ligação em binários. Um dos exemplos mais conhecidos é das ruas Rio do Sul e Doutor Plácido Gomes, entre as ruas São Paulo e Getúlio Vargas, próximas ao Hospital Municipal São José. Há outros exemplos de mão inglesa também nos bairros Centro (rua Pedro Lobo), Saguaçu (rua Ibirama) e Boa Vista (rua Conselheiro Lafayette). *Com informações da assessoria de imprensa
×