Desde outubro, Jaraguá do Sul conta com uma clínica especializada no tratamento de coluna. A Smart Fisio, localizada na rua Marina Frutuoso, no Centro, é uma franquia da renomada ITC Vertebral. A rede surgiu há mais de dez anos e já atendeu mais de 40 mil pacientes pelo país com o método Reconstrução Músculo-Articular (RMA).

O procedimento não é cirúrgico, utilizando técnicas de fisioterapia validadas cientificamente e tecnologia de última geração para o tratamento. Entre os maiores diferenciais da clínica estão a mesa de tração, mesa de flexão e exercício direcional, estabilização vertebral e a terapia manual. A massoterapia e acupuntura também fazem parte dos serviços da Smart Fisio – ITC Vertebral.

No local, conforme o proprietário e fisioterapeuta, Dr. Bruno Francisconi, o atendimento é individualizado, com um paciente por hora. “Contamos com o que há de mais moderno no tratamento de coluna e priorizamos a qualidade”, observa. Estudos indicam que 80% da população mundial têm ou terá dor nas costas um dia. O problema mais comum entre os pacientes, segundo o proprietário, é a hérnia de disco.

Quem procurar pelo serviço da Smart Fisio passará por uma avaliação cinesiológica da coluna. Com a análise dos resultados, a equipe de profissionais irá verificar se o caso se encaixa ou não no tratamento. “Muitas pessoas acreditam que a cirurgia é o único auxilio para os casos mais avançados, porem nós oferecemos um tratamento conservador que pode reverter o caso e evitar a cirurgia”, comenta Dr. Francisconi.

As reclamações mais recorrentes, segundo o fisioterapeuta, estão relacionadas à dor constante na coluna, formigamento da perna e falta de sensibilidade. “O incômodo começa a ser constante se não for tratado logo. Mas, normalmente, o paciente ignora a dor e segue sua rotina até o momento em que ocorre o travamento da coluna”, relata. O período de tratamento irá depender da reação do organismo e das particularidades do caso.

Grande parte das lesões de hérnia de disco na área da lombar se concentram nas vertebras L3/L4, L4/L5 e L5/S1. As torácicas são raras, sendo causadas, principalmente, pelo desgaste do disco intervertebral. As cervicais podem estar ligadas a função profissional do paciente, gerando dores no pescoço, ombros, braços e mãos. As hérnias são mais comuns nos homens. O fisioterapeuta ainda afirma que o maior vilão da coluna é a postura.

Dr. Bruno Francisconi, 28, se formou há cinco anos em Fisioterapia. De lá para cá, já cursou diversas especializações relacionadas ao tratamento da coluna. O profissional confessa que sempre teve interesse pela área da saúde, mas a fisioterapia, em especial, era o que mais lhe motivava.

“Meu tio trabalha com isso e eu acho incrível. Os pacientes chegavam na clínica em estágio avançado de dor, sem conseguir se movimentar, desmotivados, e conseguiam voltar a fazer movimentos simples do dia a dia, mas que fazem toda a diferença, como lavar a louça ou se agachar”, recorda Dr. Francisconi.

Avaliação

A avaliação é baseada em testes biomecânicos da coluna afim de encontrar quais os movimentos que estão diminuídos e quais são as causas dessa falta de mobilidade, além de uma análise criteriosa do comprometimento muscular que a hérnia de disco pode estar causando, possível tensão neural, alteração de sensibilidade e instabilidade vertebral. Após a avaliação o paciente é classificado em sub-grupos de dor: tração, manipulação e estabilização, tendo assim um norte para saber como melhor tratar os pacientes dentro de suas particularidades obtendo uma melhora mais rápida e eficaz.

Osteopatia e Fisioterapia Manual

A osteopatia é uma técnica de tratamento fisioterapêutico que se baseia no diagnóstico diferencial e tem como ênfase principal a integridade estrutural e funcional do corpo.

Mesa de tração

A mesa de tração, quando indicada, possibilita uma descompressão com cargas controladas. A tração proporcionada pelo equipamento tem a capacidade de descomprimir o nervo ciático comprimido pela hérnia, fazendo com que a dor que estava irradiada pelos membros diminua e centralize. O aparelho é americano e pode ser aplicado em diferentes casos que envolvam a coluna.

Mesa de Flexão e Exercício Direcional

O uso da mesa de flexão no tratamento possibilita que o fisioterapeuta assuma um total controle sobre a mobilidade da coluna vertebral do paciente, permitindo os movimentos de flexão, extensão, látero-flexão e rotação.

Estabilização Vertebral

Também é utilizado na clínica o equipamento Stabilizer. É um aparelho simples destinado a registrar as alterações e pressões que permitem detectar o movimento da coluna e suas compensações durante o exercício. Com esse equipamento, é possível implantar o programa de estabilização segmentar vertebral que preconiza fortalecer os músculos que protegem a coluna. Em especial, dois músculos: o transverso abdominal e os multífidos. A Clínica também oferece atendimentos em Massoterapia e Acupuntura.

Instituto de Tratamento da Coluna Vertebral

O Instituto de Tratamento da Coluna Vertebral (ITC Vertebral) iniciou suas atividades na cidade de Fortaleza, em 2005. A procura pelo tratamento, desde o início, ganhou um impulso progressivo. Além dos pacientes que passaram a recorrer imediatamente ao método, diversos profissionais da área manifestaram um grande interesse em conhecer mais detalhes sobre o tratamento não invasivo que, seguramente, garantia resultados eficazes.

Para atender às inúmeras solicitações de informações de pacientes e fisioterapeutas de todo o Brasil sobre a Reconstrução Músculo-Articular (RMA) da Coluna Vertebral, foi inaugurada a primeira franquia em fisioterapia do ITC no Brasil. Hoje, são mais de 80.

Horário de atendimento: de segunda a sexta, das 7h às 21h e aos sábados, das 8h às 12h.