As anotações nos diários de classe sobre casos de violência escolar devem passar a ser informatizadas a partir dos próximos dias. Segundo a Secretaria de Estado da Educação (SED), será implantado um sistema online de registros desses casos para ajudar nas ações dos Núcleos de Educação e Prevenção às Violências na Escola (Nepre), que estão presentes em 890 de 1.081 escolas de Santa Catarina.
Será possível ter uma noção, em números, do problema no Estado. O instrumento de Política Estadual de Educação, Prevenção, Atenção e Atendimento às violências na escola, propõe atuação integrada e intersetorial em parceria com setores da saúde, justiça, segurança pública, assistência social, conselhos tutelares e Ministério Público. Segundo a coordenação do Nepre, o objetivo é que as escolas se tornem espaços de referência para que estudantes, professores e familiares possam dialogar em torno da mediação de conflitos.