Se no fim de agosto o frio resolveu dar as caras, em setembro ele deve ficar no passado. O mês que marca o início da primavera, no dia 22, tem tudo para registrar temperaturas acima da média em Santa Catarina, aponta a previsão do sistema Epagri/Ciram.

De acordo com o meteorologista Clóvis Corrêa, as temperaturas devem ficar acima da média climatológica registrada normalmente no estado, embora no começo do mês possam ocorrer dias mais frios com possibilidade inclusive de formação de geada isolada em regiões altas do Meio Oeste e Planalto Sul.

Apesar disso, ressalta Corrêa, a maior parte dos dias do trimestre – setembro, outubro e novembro – tende a ter temperaturas elevadas, assim como demonstra os últimos dias de agosto.

Esses meses marcam a transição entre o inverno e o verão e, com isso, ocorre o início das chuvas da primavera. A maior precipitação do período costuma ocorrer em outubro, com médias acumuladas que variam entre 140 milímetros e 280mm dependendo da região. Em novembro, o volume costuma diminuir para uma média de 130mm a 180mm no estado.

Neste ano, aponta o meteorologista, a previsão é de que as chuvas se mantenham na média, porém, com distribuição irregular e oscilações durante o trimestre. “Nós estamos colocando possibilidade de chuva acima da média em algumas situações, porque com aquecimento maior, podem ocorrer as pancadas de chuva, mas em geral, as médias devem se manter”, explica.

A média de chuva para o trimestre varia de acordo com a região. Além disso, ele explica que a primavera é a estação na qual a incidência de temporais com granizo e ventania aumenta, mas por outro lado, também é recorrente os períodos de estiagem.

O meteorologista explica ainda que as chuvas do período são causadas pela passagem de frentes frias pelo estado, tendo até mesmo a atuação frequente de ciclones extratropicais próximos ao litoral, impondo ventos fortes e mar agitado, com a ocorrência de ressaca.

É hora de aquecer

O aquecimento global reflete diretamente sobre o aumento das temperaturas e sobre o período de floração que pode ser percebido com antecedência ao início oficial da primavera. Porém, de acordo com Corrêa, não é um fenômeno atípico.

“Em setembro, as temperaturas já começam a aquecer, então não vejo nada de atípico na floração antes da primavera. Está dentro do contexto”, ressalta.

Em Jaraguá do Sul, os primeiros dias de setembro convergem para a previsão projetada que, conforme explicou o meteorologista, terá dias de temperaturas mais amenas no início do mês.

No sábado (1º), predomina o tempo com nuvens e chuvas isoladas, com temperaturas variando entre 18° e 21°. A chuva encobre o domingo (2) e, as temperaturas variam pouco, ficando na casa dos 19°.

Quer receber as notícias no WhatsApp?