O número de usuários de planos de saúde caiu 2,8% na microrregião no mês de setembro, frente ao mesmo mês do ano passado, segundo dados da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Durante o período de doze meses, foram 2.178 contratos encerrados. Atualmente, 77.336 pessoas utilizam algum convênio de saúde na microrregião – em junho, o número de usuários da saúde privada era de 76.710 pessoas. Desde março de 2015 o número de beneficiários de planos de saúde vem caindo. Os dados são medidos e revisados trimestralmente pela ANS. Conforme a entidade, entre junho e setembro deste ano, foram cancelados 701 contratos na microrregião. O número representa quase o dobro de usuários que deixaram o plano entre os meses de março e junho, quando 335 convênios foram encerrados. O resultado também é superior ao registrado no terceiro trimestre do ano passado, em que 556 pessoas optaram por deixar o serviço privado de saúde. planos Jaraguá do Sul apresentou a queda mais significativa entre os cinco municípios, com a perda de 531 usuários de convênios de saúde. Na sequência vem Guaramirim (-195) e Massaranduba (-30). Schroeder foi o único município que cresceu em número de usuários em setembro, com 54 novos contratos. Já Corupá manteve um resultado estável, tendo como saldo final o acréscimo de um contrato. Em junho, quando os dados do segundo trimestre foram divulgados, a microrregião apresentou queda de 6,3% em relação ao mesmo trimestre do ano passado. Entretanto, com a atualização e revisão dos números, a queda para o período foi revista e estipulada em 2,5%, o que indica que o número de usuários vem mantendo uma taxa de redução relativamente estável de um trimestre para o outro. Segundo a assessoria de imprensa da ANS, a divergência de dados acontece por que a cada novo fechamento o sistema da entidade considera contratos antes não contabilizados.