Nove pessoas vão ser homenageadas nesta segunda-feira (20) na Câmara de Vereadores com a Medalha de Mérito Antônia Alpaídes. A sessão solene está marcada para as 19h30, e será realizada no dia em que se comemora o Dia da Consciência Negra. Leia também: Confira a programação da 9ª edição da Semana de Consciência Negra Esta honraria foi instituída na Câmara em 2006 para homenagear personalidades que, por meio da arte, da cultura, da desenvolvimento social e educacional realizaram relevantes trabalhos ou destacaram-se na defesa da raça negra na cidade. Cada bancada parlamentar indicou uma pessoa, razão pela qual neste ano a Câmara de Vereadores terá nove homenageados. Basta acessar o menu "VEJA AO VIVO" e clicar no item Plenário. Os homenageados são: José Martinho de Souza, o "Pico" Indicação do PMDB Nasceu em Guaramirim, mas está em Joinville desde 1967, quando se estabeleceu no bairro Fátima. Apaixonado por futebol, Pico e uma turma de amigos criaram o Flamenguinho Esporte Clube. O time foi campeão da Terceirona em 2011. Leonardo dos Passos Santos, o "Bola" Indicação do PSB. Nasceu em Brasília (DF) há 41 anos e já foi Rei Momo do carnaval de Joinville duas vezes, em 2012 e 2013. Chefe de cozinha, Bola é entusiasta e promotor do samba e da cultura negra. Ele é integrante do Grêmio Recreativo e Escola de Samba Unidos Pela Diversidade. Sebastião Benedito, o "Seu Benedito" Indicação do PR. Seu Benedito nasceu em Tijucas e tem 82 anos, 29 dos quais morador do bairro Nova Brasília. Ele foi funcionário do antigo DNER por 35 anos. Aposentado, ele é hoje um dos principais nomes da Renovação Carismática Católica e auxilia na formação espiritual de diversas famílias por Joinville. Jacila Barbosa, a "Mãe Jacila" Indicação do PSDB. A Mãe Jacila é a líder da Casa da Vó Joaquina, que promove ações sociais em comunidades dos bairros Ademar Garcia e Ulysses Guimarães. Mãe Jacila é também presidente do Conselho Municipal da Promoção da Igualdade Racial e uma das principais promotoras da Semana da Consciência Negra em Joinville. Rufino Agostinho de Aviz Indicação do Solidariedade. Filho de uma família de nove irmãos, Rufino começou a vida em Joinville em 1959, no bairro Vila Nova. Ele foi um dos pioneiros da Igreja Evangélica Assembleia de Deus lá no bairro, em uma época joinvilense de forte discriminação contra negros e evangélicos. Pastor Daniel de Souza Indicação do PSC. Vindo de uma família de onze irmãos, o camburiense Daniel de Souza, hoje aos 52 anos, é pastor da Igreja Evangélica Assembleia de Deus. Bacharel em Teologia, Daniel é conhecido por sua conduta calma, tranquila, sempre ofertando muito conforto espiritual a seus seguidores. Alexandre Marcos de Jesus Indicação do PSD. Carioca e militar formado na Academia Militar das Agulhas Negras, o coronel Alexandre é o comandante do 62º Batalhão de Infantaria do Exército Brasileiro aqui em Joinville há mais de um ano. Ele já integrou missões internacionais das Nações Unidas na Ásia. Lúcia Helena Corrêa (in memorian) Indicação do PDT. Lúcia teve uma vida de dificuldades superadas com confiança e determinação. Nascida em Rio Negro (PR) em 1963, ela trabalhava e estudava simultaneamente e precisou morar em pensionatos até concluir os estudos. Já diretora da Escola Adolfo Bartsch, conduziu sua equipe à conquista do melhor Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) para as séries iniciais entre as escolas municipais de Joinville. Infelizmente, ela foi vencida por um câncer neste ano. Ana Lúcia Martins Indicação do PROS. Ana foi professora da rede municipal de educação e atualmente é pesquisadora e militante da participação da mulher na política. Defensora da igualdade racial, ela integra o Fórum de Mulheres Negras de Joinville, que busca a visibilidade e o empoderamento das mulher negras. É também fundadora do Coletivo Ashanti de Mulheres Negras, que integra mulheres haitianas na sociedade joinvilense. *Com informações da Câmara de Vereadores de Joinville