Servidores da área de saúde da Prefeitura de Joinville continuam paralisados. Na tarde de terça-feira (12) o prefeito Udo Döhler (PMDB) anunciou que atenderá o sindicato nesta sexta-feira (15). Os servidores municipais pedem melhores condições de trabalho e de atendimento e dizem estar trabalhando sob extrema pressão. Segundo o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Joinville e Região, Ulrich Beathalter o PA Sul encontra-se praticamente fechado, não há número de profissionais suficiente, faltam materiais básicos (como seringas, gaze, antisséptico, álcool e desinfetante), faltam remédios, entre muitas outras coisas. “Esta atitude mostra o descaso do prefeito com a situação e penaliza cruelmente a população, sobretudo a mais pobre, que precisa dos serviços públicos”, comenta o presidente do Sinsej. Ele diz que há um mês o prefeito evita resolver o assunto. Na terça-feira (12) no segundo dia de greve, os servidores foram ao gabinete do prefeito tentar dialogar, mas também não tiveram sucesso. “Agora, o prefeito informa que pode conversar no fim da semana. O que há de mais importante que isso na cidade neste momento? ”, questiona o presidente do sindicato. Convocados para substituir grevistas Servidores da atenção básica e de outros setores, de acordo com  Ulrich Beathalter estão sendo transferidos de seus postos de trabalho para suprir os grevistas nos PAs.  “No Posto de Saúde do Estevão de Matos, a farmácia está fechada porque os funcionários foram obrigados a se deslocar. Também há relatos de que está sendo oferecida hora-extra para quem quiser substituir um trabalhador paralisado – o que demonstra que dinheiro tem para atender às reivindicações. Estas são condutas que ferem o direito de greve”, lamenta o presidente do Sinsej. Procurada pela reportagem do Jornal de Joinville a assessoria de imprensa da Prefeitura disse apenas  que  20 funcionários aderiram a greve, apesar do sindicalista afirmar que mais de 70% aderiam o movimento. A assessoria também informou que na sexta-feira (15) o prefeito vai receber os servidores para uma conversa.