A Secretaria de Saúde apresenta um balanço de atendimentos do Serviço de Saúde Mental de Jaraguá do Sul. O serviço conta com três Centros de Atendimento Psicossocial (Caps), sendo um voltado para usuários de álcool e outras drogas (Caps AD), outro para pacientes com transtorno mental grave (Caps II) e ainda um voltado para crianças e adolescentes com transtornos mentais (Capsi).

Em junho deste ano foram atendidos 628 pacientes somando os três Caps. Desse total 207 atendimentos foram no Caps AD (104 pacientes), 545 atendimentos no Caps II (402 pacientes) e 155 atendimentos no Capsi (122 pacientes).

Os números são altos, mas estão longe de chegar aos índices de 2019, quando o serviço registrou o maior número de atendimentos até então.

Um dos psicólogos do Serviço de Saúde Mental, Jeovane Gomes de Faria, explica que os Caps vinham numa crescente de demanda nos atendimentos em 2019. Já em 2020, com o início da pandemia, isolamento social, dificuldade de transporte público e individualização nos atendimentos, os números diminuíram, mas a queda pode estar relacionada à demanda reprimida.

“Temos muitas situações diferentes acontecendo em Jaraguá, no Brasil e no mundo por conta da pandemia. Elas podem gerar demanda na saúde mental. O luto contido – em que o ente não pôde se despedir da pessoa que morreu – é uma dessas situações. Nesse momento, no Serviço de Saúde Mental, estamos percebendo um aumento da procura, o que pode significar que as pessoas estão se sentindo mais confortáveis em sair de casa”, aponta Faria.

A gerente de Saúde Mental Vane Maria Dorneles Duarte informa que o serviço conta atualmente com 39 profissionais, entre médico psiquiatra, psicólogos, assistentes sociais, terapeutas ocupacionais, profissionais administrativos. A média anual de usuários que passam pelo Capsi é de 700 usuários; Caps II, 1,7 mil usuários; e Caps AD, 450 usuários.

“A demanda é atendida conforme os protocolos da Saúde Mental que, inclusive, estão sendo estudados e revistos. No Caps AD a demanda é espontânea, ou seja, pessoas dependentes de álcool ou outras drogas podem procurar diretamente o centro, sem precisar passar antes por uma unidade de saúde. Familiares do dependente também podem ser recebidos no Caps AD para acolhimento e acompanhamento. É um serviço gratuito do SUS ainda pouco procurado pelas pessoas”, enfatiza Vane.

A gerente cita o Caps II, onde o atendimento é feito por encaminhamento das unidades de saúde ou dos hospitais. A demanda espontânea acontece somente em casos de ideação suicida (ideia de se matar), tentativa de suicídio e surto psicótico. O atendimento no Capsi também acontece por encaminhamento dos serviços de saúde.

Foto: Divulgação/PMJS

Volta de dois grupos terapêuticos no Caps II

A psicóloga Mariana Dias Martins Stringari conta que dois grupos terapêuticos voltaram a acontecer no Caps II, seguindo os protocolos sanitários, com poucas pessoas, em ambiente ao ar livre.

Os grupos são grandes aliados dos usuários de saúde mental, pois é quando trocam ideias, experiências de sucesso e insucesso, se sentem à vontade para falar dos seus problemas.

“Mas, por enquanto, estamos inserindo nesses dois grupos poucos usuários, devido à pandemia. Nosso acompanhamento individualizado está bem maior. Fazemos, por exemplo, o acompanhamento diário dos pacientes que estão em crise, fazemos a medicação assistida aqui no Caps II – para garantir que o paciente tomou a medicação, entramos em contato com o Cras, Creas, com a família”, explica Mariana.

Após a entrevista, a psicóloga foi acompanhar uma paciente haitiana com transtorno mental grave – e em crise - até a unidade de saúde, pois a paciente não tinha condições de ir até o posto sozinha.

Conheças as unidades de Atenção Psicossocial

Centro de Atenção Psicossocial - Caps AD | Foto: Divulgação/PMJS

Centro de Atenção Psicossocial - Caps AD

Rua João Picolli, 488 - Bairro: Centro
Telefone: (47) 3370-5693 - (47) 3275-4734
E-mail: saude.coord.smental@jaraguadosul.sc.gov.br
Horário: Segunda, quarta, quinta e sexta-feira, das 8 às 17 horas, terças-feiras, das 8 às 20 horas

Centro de Atenção Psicossocial - Caps II | Foto: Divulgação/PMJS

Centro de Atenção Psicossocial - Caps II

Rua Olívio Domingos Brugnago, 500 (em frente ao Bar do Oca) - Bairro: Vila Nova
Telefone: (47) 3276-0604 - (47) 3370-6918
E-mail: saude.caps2@jaraguadosul.sc.gov.br
Horário: Segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas (sem atendimento nas terças à tarde)

Centro de Atenção Psicossocial Infantojuvenil - Capsi | Foto: Divulgação/PMJS

Centro de Atenção Psicossocial Infantojuvenil - Capsi

Rua Martim Sthal, 381 - Bairro: Vila Nova
Telefone: (47) 3370-6595 - (47) 3371-6833
E-mail: saude.capsi@jaraguadosul.sc.gov.br
Horário: Segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas

 

 

 

 

 

*Com informações de assessoria de imprensa.