O curso é realizado em parceria com o Instituto Renner e visa oportunizar a capacitação de mulheres para a costura industrial, levando ao mercado de trabalho profissionais qualificadas, aumentando a competitividade da indústria catarinense. A turma foi ofertada gratuitamente para imigrantes da região.

A ideia do projeto consiste basicamente em fazer com que os imigrantes tenham sua própria geração de renda, por meio de uma qualificação técnica na área da costura, onde a Renner tem uma atuação forte, no sentido de tornar essa cadeia da moda mais sustentável e mais consciente. Além da qualificação, o instituto realiza o encaminhamento desses alunos ao mercado de trabalho através de parcerias, uma chance de melhorar a geração de renda da sua família.

Neste sentido, Luciano Torrens Co-fundador e sócio da Redvolution21 – parceira contratada da Renner para operacionalizar este projeto – afirma que o curso trabalhou muito nos aspectos sócios emocionais desses imigrantes. “Sabemos que muitos vem de uma condição difícil, onde muitas vezes a sua autoestima está abalada. Nós trabalhamos através de oficinas o fortalecimento o empoderamento desse imigrante, com a sua história, seus valores, seus talentos, suas qualificações e principalmente com o sonho de um futuro melhor pra vida deles em um país diferente com uma cultura diferente”.

Para a Coordenadora de Educação Profissional do SESI/SENAI Blumenau, Rocheli Ronchi, a parceria oportuniza resgate da cidadania e autoestima das pessoas imigrantes que chegam ao nosso país com muitos sonhos. “Através do curso de Costura Básica promovemos o acesso a uma oportunidade de trabalho e a realização pessoal. No total, foram 20 alunos nesta turma. Para o segundo semestre a instituição já planeja abrir novas vagas para inscrição”, afirma.

O curso proporcionou a oportunidade de realizar uma capacitação, o que muitos deles nunca tiveram, como comenta uma das alunas do curso Marylyn Dorina Del Valle Diaz Zabala. “Foi a primeira vez que fiz um curso. Nunca havia conseguido, e agora eu aperfeiçoei meus conhecimentos, pois sempre temos mais coisas para aprender, para aperfeiçoar e experimentar. E agora quero continuar seguindo nessa carreira”, revela.

Phâmela Cristina Domingos, do Instituto Lojas Renner, ainda completa que “o curso é um projeto bem relevante e bem legal, o pessoal que se formou ficou emocionado, e essa é a parte satisfatória, do resultado que a gente colhe no final.”

Receba as notícias de Blumenau e região pelo WhatsApp clicando aqui.