A Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) emitiu nesta sexta-feira (16) ordem de serviço para obras na segunda pista do Aeroporto Internacional Afonso Pena, na região metropolitana de Curitiba. A expectativa é de que com a conclusão das obras, o sistema de pistas do aeroporto seja aprimorado para dar mais opções de operação para o fluxo de partidas e taxiamento de aeronaves. No total, serão investidos R$ 17,9 milhões em obras de melhoria da estrutura do pavimento e recapeamento de um trecho de 1,7 quilômetros de extensão, além de instalação de barra de parada e novo sistema de sinalização luminosa. Hoje, o terminal transporta 7,8 milhões de passageiros por ano e, ao final das obras, a expectativa da Infraero é de que o terminal passe a transportar 14,6 milhões de pessoas por ano. Os trabalhos devem começar nos próximos 30 dias e terminar em março de 2019. Por meio de nota, a empresa disse que as operações de pouso e decolagem não serão prejudicadas: "A obra foi planejada para ser feita sem mudar a programação dos voos, uma vez que o aeroporto, além de contar com outra pista, tem um intervalo entre 23h30 e 6 horas em que não há programação de voos regulares". * Com informações de Luciano Nascimento, da Agência Brasil