A Prefeitura de Joinville vai publicar em fevereiro o edital para a compra de dois aceleradores lineares para o Hospital São José.

No ano passado, a Secretaria da Saúde encaminhou pedido de recursos ao Ministério da Saúde e também à bancada parlamentar catarinense para a aquisição dos equipamentos.

No final de 2019, o Governo Federal confirmou o aporte. O Ministério da Saúde destinou R$ 9 milhões para a compra dos equipamentos.

A compra está estimada entre R$ 10 e R$ 11 milhões, com pagamento da diferença com recursos próprios do município.

O secretário da Saúde, Jean Rodrigues da Silva, disse que essa troca dos aceleradores vai dar mais agilidade aos atendimentos.

“Essa mobilização que fizemos junto ao Governo Federal e com apoio dos deputados federais do Estado resultou nesses recursos para investirmos nessa importante melhoria. Os equipamentos vão garantir qualidade aos tratamentos”, ressaltou o secretário.

O Hospital São José possui atualmente um acelerador linear, que tem 10 anos de funcionamento e é cedido pelo Estado.

O outro equipamento que seria substituído é uma máquina de cobalto. Ela está em operação desde 1991 e é considerada obsoleta.

Como não serão realizadas reformas nas casamatas (espaços que promovem isolamento radioativo), os produtos serão específicos, com tamanhos diferentes, um menor outro maior, de acordo com a proporção das salas.

Os novos aceleradores que serão comprados têm alta tecnologia, melhorando o atendimento aos pacientes.

O processo de licitação está previsto para terminar no final de março. A data de instalação dos novos aceleradores dependerá do local de fornecimento e do estoque, com a possibilidade dos fornecedores serem internacionais.

Durante esse processo de substituição dos equipamentos, os serviços não serão prejudicados.

Os pacientes de radioterapia receberão o tratamento no Hospital da Unimed, em convênio estabelecido, prevendo-se o tempo de algumas semanas que as salas de radioterapia ficarão desativadas para a renovação dos aparelhos.

O convênio da Secretaria da Saúde com a Unimed iniciou em 2019. Está há 47 dias em vigor.

Segundo a prefeitura, com as melhorias e investimentos na colocação dos novos equipamentos, o objetivo é reduzir para menos em 30 dias o início do tratamento oncológico.

Com informações da Prefeitura de Joinville

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger