Santa Catarina conquistou, junto ao Ministério da Saúde, a habilitação de 72 novos leitos de UTI em unidades em cinco municípios: Florianópolis, Tubarão, Lages, Chapecó e Criciúma. O Governo Federal anunciou 1.740 leitos de UTI adulto e 21 leitos de UTI pediátrica voltados exclusivamente para atendimento aos pacientes graves ou críticos de coronavírus. O total de investimentos apenas em Santa Catarina chega a R$ 9,1 milhões.

Confira os hospitais atendidos:

  • Hospital Regional do Oeste, em Chapecó (10)
  • Hospital Regional São José, em Criciúma (15)
  • Hospital Universitário, na Capital (10)
  • Hospital Florianópolis, na Capital (10)
  • Hospital Governador Celso Ramos, na Capital (8)
  • Hospital e Maternidade Tereza Ramos, em Lages (9)
  • Hospital Nossa Senhora da Conceição, de Tubarão (10)

 

“Desde o início desta crise o Governo vem trabalhando para preparar a rede hospitalar para receber os pacientes com coronavírus. É um trabalho incansável para garantir mais leitos e equipamentos. O anúncio do Ministério da Saúde vem fortalecer ainda mais nosso trabalho”, destacou o governador Carlos Moisés.

 

O secretário de Estado da Saúde, Helton de Souza Zeferino ressaltou que até o final de maio a previsão é liberar 713 novos leitos de terapia intensiva em todas as regiões catarinenses para atender os casos mais graves da doença. Já foram criados 300 novos leitos desde o início da pandemia, o que representa um acréscimo de quase 30% na capacidade anteriormente instalada.

“Essas habilitações fazem parte de uma série que a SES já solicitou junto ao Ministério da Saúde para que tenhamos todos os novos leitos criados para o combate à pandemia devidamente habilitados e que os recursos federais possam ser revertidos às unidades”, disse.

 

Foto Studio OCP

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp