Mesmo sem casos registrados do novo coronavírus, Criciúma está monitorando e tomando todas as providências preventivas.

Em reunião realizada na Secretaria de Saúde, no Paço Municipal Marcos Rovaris, na tarde desta quinta-feira (30), Município, Estado e representantes de farmácias da cidade, atualizaram o Plano de Contingência para o novo coronavírus e outras doenças em circulação.

O objetivo é agilizar o atendimento e a identificação de eventuais casos suspeitos.

“Oficialmente não existem casos suspeitos aqui na região, mas queremos tomar todas as providências para prevenir essa eventualidade. Além disso, já discutimos outras doenças, que da mesma forma, precisam da nossa atenção especial”, destacou o secretário municipal de Saúde de Criciúma, Acélio Casagrande, ao lado do médico infectologista, Raphael Elias Farias, que juntamente com a Vigilância Epidemiológica, Municipal e Estadual, irá auxiliar na produção de material informativo e de conscientização da população sobre os cuidados necessários de prevenção.

De acordo com a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) do Estado, a prevenção não difere das medidas que devem ser adotadas para outros vírus, como influenza.

Cuidados

É preciso ter uma série de cuidados, como lavar as mãos com água e sabão, evitar tocar os olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas, evitar contato próximo com pessoas doentes, ficar em casa quando estiver doente, cobrir a boca e o nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo; limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Esses cuidados vão ser difundidos na população com a parceria das farmácias e todos os órgãos públicos.

Secretaria de Educação e Associação Feminina de Assistência Social de Criciúma (Afasc) também irão auxiliar no alerta.