O IMA (Instituto de Meio Ambiente de Santa Catarina), órgão que substitui a Fatma, emitiu nesta quinta-feira (22) o 15º relatório das condições das praias catarinenses. De acordo com o documento, dos 215 pontos analisados, 156 (72,6%) estão próprios para banho. As coletas foram realizadas entre os dias 19 e 22 de março. No Litoral Norte, entre Itapoá e Penha, há oito pontos em que a água analisada foi considerada imprópria para banho. Joinville é um deles. A Praia da Vigorelli foi considera imprópria para banho. Balneário Barra do Sul, no Linguado em frente à rua Otto Fiedler também a qualidade da água comprometida. Em Barra Velha, o IMA considerou dois pontos ruins para banho, um deles fica na rua Plácido Gomes de Oliveira, 336. O outro é na rua Antonio R. da G. Moura. Penha é a cidade com maior número de restrição de locais para banho, na nossa região. Por lá quatro pontos foram considerados impróprios para banho pelo IMA. Três deles ficam na Praia da Armação do Itapocorói e outro na Praia Alegre, em frente a travessa particular Marcelo dos Santos. “Além do relatório, sempre orientamos que o banhista também fique atento e considere o histórico do ponto”, explica o gerente de Pesquisa e Análise da Qualidade Ambiental, Oscar João Vasques Filho. O relatório completo pode ser acessado no http://www.fatma.sc.gov.br ou no aplicativo Praias SC, disponível para Android.