Samae solicita 1,5 mil ligações para esgoto

Cotidiano

Por: OCP News Jaraguá do Sul

quarta-feira, 08:55 - 03/02/2016

OCP News Jaraguá do Sul
Com a inauguração prevista para o dia 22 de março, quando se comemora o Dia Mundial da Água, a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do bairro São Luís deve receber em breve as primeiras ligações residenciais. Desde a finalização das obras, em dezembro do ano passado, o Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto) enviou cerca de 1,5 mil solicitações de ligação ao sistema nos bairros da região. De acordo com o diretor-presidente do órgão, Ademir Izidoro, a expectativa é atingir mais de dez mil residências até julho deste ano. “Recebendo a carta do Samae, os munícipes têm até 60 dias para efetuar a instalação. Até julho, cerca de 30 mil pessoas deverão ser beneficiadas com a nova estação, sendo que várias casas já deram início ao processo”, estima Izidoro. A adesão à rede é obrigatória, sendo que a fiscalização será feita pelo Samae e pela Vigilância Sanitária do município. A princípio, a estação irá atender moradores dos bairros Vila Lenzi, Jaraguá Esquerdo, Tifa Martins, São Luis, Barra e Nova Brasília. “Nos últimos três anos, construímos 84 quilômetros de rede nesses bairros e 27 elevatórias para garantir a eficiência do sistema”, detalha Izidoro. Atualmente, o sistema de esgoto atende a 56% dos moradores de Jaraguá do Sul. Com a nova estação, o objetivo é atingir 80% da população nos próximos anos. “Estamos caminhando para que no futuro possamos chegar a 100%, incluindo também bairros do interior. Temos que lutar por isso”, defende o diretor-presidente do Samae. Projeto irá credenciar profissionais Enquanto o Samae é responsável por levar a rede de esgoto até a calçada das residências, a efetivação do restante da estrutura é de responsabilidade do morador. Sendo assim, o Samae criou, em parceria com a empresa fornecedora de tubos e conexões para a obra da estação, um projeto de capacitação que visa atualizar e instruir pedreiros, encanadores e auxiliares. “Serão formadas duas ou três turmas, de acordo com a procura, no período da noite. A proposta é oferecer um treinamento para que esses profissionais entendam de maneira mais detalhada como melhorar a ligação de esgoto. A ideia é que eles sejam ‘credenciados’ pelo Samae, de forma a dar mais segurança para os moradores que precisarem contratá-los”, afirma Izidoro. A previsão é fechar a primeira turma até o final de fevereiro. Os detalhes serão divulgados em breve, por meio da imprensa, segundo o Samae. De acordo com Izidoro, o custo final da obra ficou um pouco abaixo do previsto (R$ 33 milhões), com investimentos na casa dos R$ 31 milhões. “O valor ainda pode oscilar um pouco, mas são cerca de R$ 22 milhões financiados pela Caixa Econômica Federal e o restante pago com recursos próprios do Samae”, complementa ele. 2016-02-02 - estação samae - piero ragazzi (3) Base para estação de água no Água Verde é finalizada No início deste ano, o Samae também deu início às obras da nova Estação de Tratamento de Água (ETA), no bairro Água Verde, seguindo o compromisso formado com o poder público em dezembro do ano passado. Segundo Izidoro, a base para a construção da estação foi finalizada. “Foram colocados cinco mil metros cúbicos de macadame para elevar o terreno, totalizando quase um metro de aterro. Assim não corremos o risco de ser surpreendidos por cheias no futuro”, comenta. No total, serão investidos R$ 35 milhões na ETA, sendo quase R$ 29 milhões na estrutura principal e o restante na instalação de equipamentos complementares. A obra está sendo efetuada pela Construtora Elevação, de Curitiba, e tem prazo de execução de dois anos.  
×