A Secretaria da Saúde irá distribuir 93.750 doses da vacina Astrazeneca/Fiocruz - 75.500 recebidas nesta quinta-feira (8) e 18.250 recebidas no dia 1º de abril -, sendo 76.725 doses para a primeira aplicação (D1) em idosos de 65 a 69 anos e nos profissionais das forças de segurança e salvamento, ficando reservada nas gerências regionais 17.025 doses para aplicação da Dose 2 (D2) nos trabalhadores da saúde que deverão recebê-las a partir de 19 de abril.

Em relação a vacina Sinovac/Butantan, serão distribuídas 141.000 doses (sendo 69.200 doses recebidas nesta quinta e 71.800 recebidas em 1º de abril) para a aplicação da Dose 2 nos idosos e trabalhadores de saúde que deverão recebê-las a partir do dia 12 de abril. Ficarão reservadas 12.660 doses para aplicação da Dose 2 nas pessoas que deverão recebê-las a partir de 16 de abril.

 

 

A tabela com o quantitativo de doses que será distribuído para cada município será divulgada na tarde desta quinta.

Profissionais de segurança

O planejamento da vacinação dos profissionais das forças de segurança e salvamento e forças armadas foi elaborado pela Secretaria da Saúde de SC, em conjunto com os comandos estaduais das forças de segurança. Essa ação deverá atender parte dos profissionais destas áreas que atuam diretamente nas ações de enfrentamento à pandemia, realizando as seguintes atividades:

  • Trabalhadores envolvidos no atendimento e/ou transporte de pacientes;
  • Trabalhadores envolvidos em resgates e atendimento pré-hospitalar;
  • Trabalhadores envolvidos diretamente nas ações de vacinação contra a covid-19;
  • Trabalhadores envolvidos nas ações de vigilância das medidas de distanciamento social, com contato direto e constante com o público, independente da categoria.

Além dos policiais militares, policiais civis e bombeiros militares, deverão ser vacinados nesta etapa os guardas municipais, policiais federais e membros das forças armadas que atuam no apoio ao estado e aos municípios na linha de frente ações de enfrentamento à Covid-19. Posteriormente, os demais profissionais de segurança e salvamento e forças armadas serão incluídos na vacinação.