Com mais de 210 mil doses da vacina contra o coronavírus aplicadas na última semana, Santa Catarina mais que triplicou a velocidade da imunização.

O número, que é uma comparação entre os boletins de 19 e 26 de março, representa um aumento de 3,7 vezes em relação ao ritmo anterior.

O ganho de celeridade se deve à estratégia adotada pelo governador Carlos Moisés, de imunizar o máximo possível de catarinenses com a primeira dose, a fim de reduzir a incidência de casos graves de Covid-19.

O Ministério da Saúde deu respaldo à iniciativa.

O governador Carlos Moisés frisa que, hoje, Santa Catarina é o nono estado do país com mais pessoas que já receberam ao menos a primeira dose da vacina, tanto em números absolutos quanto proporcionais.

"A vacinação é nossa principal saída da pandemia, por isso há alguns dias adotamos uma estratégia para dar mais celeridade. A experiência mostra que a primeira dose já é capaz de prevenir casos severos de infecção, assim é importante aplicar ao maior número possível de pessoas. A projeção é que o ritmo da vacinação continue aumentando", prevê Carlos Moisés.

Até a última sexta-feira (26), foram aplicadas 639.223 doses da vacina contra a Covid-19 nos grupos prioritários.

Destas, 508.899 correspondem à primeira dose e 130.324 à segunda.