Um trecho da sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Nova Veneza desta segunda-feira (31) viralizou nas redes sociais nas últimas horas. O vídeo mostra a vereadora Bete Bortolotto, divulgando aos colegas parlamentares e ao público que assiste a transmissão da sessão, os prêmios de uma rifa, considerados inusitados por muitas pessoas.

"Primeiro lugar um porco, segundo lugar um porco, terceiro um porco, quarto um pato mais um salame mais um queijo", a medida em que a vereadora lia os 15 prêmios que incluem animais e embutidos, parte dos parlamentares não se conteve e caiu na gargalhada.

Apesar de inusitados, os prêmios são comuns na cidade e já tradicional na escola, conhecida como "Rifa da Fazendinha". Conforme a diretora, Jussara Savio, a procura pelos bilhetes cresceu muito com os compartilhamentos do vídeo. "Essa rifa não é a primeira, já faz parte das promoções que a escola faz todo ano. Viralizou porque passou no Legislativo, mas já é tradicional por aqui", contou a profissional.

A vereadora do Legislativo é também professora na Escola Básica Municipal Bairro Bortolotto que tem 403 alunos, do 1º ao 9º ano. "As vendas seguem até o dia 14 de setembro e o sorteio será realizado no dia 20 do mesmo mês. O resultado será em uma live na página do Facebook da escola", explicou Jussara.

Conforme a vereadora, que encarou a situação com graça, a procura pela rifa está enorme. "O vídeo é engraçado e não faz parte da rotina da Câmara, mas isso colaborou para que tomasse essa proporção gigante e quem está ganhando com isso é a escola. Estamos felizes com a procura", falou.

Entre as premiações estão porco, pato, galinha, galo, ovos, salame, torresmo, queijo, galinha com pintinhos, aquário com peixe, filé de peixe entre outros itens que seguem o tema fazenda. Todos os itens foram doados por famílias da comunidade e seguem o tema da rifa.

Animais e embutidos estão entre os prêmios

Simplicidade que dá resultado

"Essa rifa diz muito sobre simplicidade. Com pouco se faz muito. Com esses prêmios nós sempre fizemos oito, nove mil reais", disse a diretora sobre a origem dos prêmios ofertados.

Jussara explica que a escola tem uma ótima estrutura, câmeras de segurança, equipamentos necessários, sendo referência em Nova Veneza. Questiona então sobre a destinação dos recursos das rifas ela explica que nem todos os alunos têm acesso ao lazer que gostariam. "Essa rifa normalmente era para fazer a 'rua do lazer', porque os alunos não tem essa possibilidade. A gente sempre fechava a rua do lado da escola, enchia de brinquedos, pipoca, algodão doce, muitas crianças não tem acesso a esses brinquedos sempre", explica.

Com a pandemia e as restrições, a chamada rua do lazer não será realizada neste ano, mas o valor ainda assim será destinado ao divertimento e a novas experiências às crianças. "Nós pretendíamos levar a turma que mais vendesse os bilhetes na pizzaria, ou em um passeio em locais que eles nunca foram. Agora com essa divulgação maior, esperamos arrecadar ainda mais valor e poder proporcionar isso a mais turmas", conta a diretora.

Como adquirir

Interessados em ajudar a escola podem fazer contato pelo fone 3436-1604. Para o pagamento está sendo disponibilizado o pix 48984630063 em nome da secretária da escola, Vanessa Carradore.

Confira o vídeo da Sessão

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp