A Prefeitura de Florianópolis promove melhorias na acessibilidade tanto externa quanto interna da Praça Santos Dumont, na Trindade, que está em fase final de revitalização pelo Programa Praça Viva – 85% das obras já foram realizadas.

O espaço recebe a implantação de três faixas elevadas, ou seja, na mesma altura das calçadas, para pedestres, numa das vias do entorno da praça, a Travessa São Lourenço de Brindes (a da Igreja Matriz da Paróquia da Santíssima Trindade). Os trabalhos vêm sendo conduzidos pela Secretaria de Infraestrutura.

Já as outras duas vias em volta da Praça Santos Dumont, a Rua Lauro Linhares e a Rua Desembargador Vítor Lima (a do conjunto histórico da Igrejinha da UFSC), terão as faixas normais de pedestres (uma em cada via) junto à rótula da UFSC recuadas, de forma a melhorar a acessibilidade e a mobilidade urbana local.

Isso porque, no lado da praça, foram criados canteiros. Além do que, a outra faixa de pedestres existente em cada uma dessas vias vão ganhar rampas de acesso às novas calçadas rebaixadas. As calçadas externas da praça serão todas de piso em concreto liso.

Acessibilidade interna

Boa parte das calçadas internas, ligando todos os acessos, são idênticas às calçadas externas, mas algumas áreas do interior da praça têm pavimento de base de concreto armado ou em paver (blocos de concreto intertravados).

Detalhe: na remodelação dos acessos internos, os caminhos, rampas, escadarias e patamares (desníveis) atendem às normas de acessibilidade e mobilidade, de modo que contam com piso tátil onde necessário.

 

Mais da revitalização

As obras da Praça Santos Dumont, em andamento desde março deste ano, devem ser concluídas em janeiro, antes, portanto, do prazo inicial previsto de 11 meses. Elas estão sendo executadas pela empreiteira Satélite Construções e Engenharia Eirelli – EPP.

No momento, está sendo concluída a instalação do playground e do petplace; a implantação dos equipamentos urbanos como bancos e mesas de concreto, inclusive para jogos, de bicicletário e de lixeiras, e a academia para terceira idade, e dada continuidade à concretagem das calçadas.

E ainda falta encerrar os serviços de paisagismo com o plantio de espécies como Quaresmeira, Jacarandá e Ipê da Praia, e de arbustos e gramas, assim como reformar e realocar os pontos de ônibus e de táxi.

Enquanto cabe à empresa Quantum Engenharia terminar o serviço de infraestrutura do novo sistema de iluminação pública liderado pela Cosip. Ele terá 48 postes em compósito, novo circuito subterrâneo de rede elétrica, 56 luminárias tipo LED (mais econômicas) de 54/150W e 15 projetores de alto rendimento com lâmpadas multivapor metálico 400W.

E, por orientação do Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis (Ipuf), serão conservadas as luminárias da década de 1990 da praça que, por sua vez, foi criada nos anos de 1970. Os postes com estas luminárias serão apenas realocados.

Mas a revitalização ainda incluiu a regularização e preparação do terreno com muros de contenção; a remoção de equipamentos como o playground e a academia de ginástica antigos, bem como do piso existente nesses espaços, e as podas de árvores, algumas com raízes expostas de tão senis - o que foi feito em parceria com a Fundação Municipal do Meio Ambiente (Floram). Fora a limpeza da área e o levantamento da topografia necessários para iniciar os trabalhos.