Os dois Restaurantes Populares de Joinville voltam a atender o público, presencialmente, a partir da próxima segunda-feira (2/8).

Ambos foram preparados para seguir as normativas sanitárias vigentes por conta da pandemia. Por isso, vai ser obrigatório uso de máscaras, distanciamento social e higienização das mãos com álcool em gel.

Além disso, os restaurantes tiveram mudanças na disposição das mesas e vão receber menos pessoas ao mesmo tempo para garantir o distanciamento social. As marmitas vão continuar sendo oferecidas, mas quem optar por ela terá um acréscimo de R$ 1 pela embalagem.

Os Restaurantes Populares estavam fechados para refeições nos locais desde o início da pandemia, entretanto as marmitas não deixaram de ser servidas. Joinville fornece, em média, 1,2 mil marmitas por dia. Agora, com o retorno, os usuários vão ter mais conforto na hora de se alimentar.

Foto: Divulgação

No café da manhã é oferecido café com leite, pão, biscoito e fruta, entre 7h e 8h. O almoço é servido entre 11h e 14h. No cardápio, arroz, feijão, carne, salada verde, salada cozida, acompanhamento (como polenta e aipim), além de fruta.

“O Restaurante Popular é o principal equipamento público da política de segurança alimentar e nutricional. Ele garante a todas as pessoas o acesso a uma alimentação saudável em quantidade e qualidade adequadas e de uma maneira permanente”, explicou Edina Acordi, coordenadora de Segurança Alimentar e Nutricional, da Secretaria de Assistência Social de Joinville.

Toda refeição fornecida nos restaurantes é planejada por nutricionistas e atende às necessidades nutricionais diárias da pessoa. Segundo a Prefeitura, todo cidadão tem direito à alimentação no local, independentemente da renda. A diferença está no valor que cada um vai pagar pela refeição.

Restaurante Popular 1

(Restaurante Herbert José de Souza - Rua Urussanga, 442 - Bucarein)

Café da manhã
Isento: para pessoas em situação de rua cadastradas e encaminhadas pelo Centro Pop, exceto aquelas beneficiárias do Benefício de Prestação Continuada e Programa Bolsa Família.
R$ 0,50: para usuários do Cadunico; beneficiários do Programa Bolsa-Família; usuários com renda per capita de até meio salário mínimo; idosos e pessoas com deficiência que recebem o Benefício de Prestação Continuada.
R$ 1,00: para idosos com renda per capita de até um salário mínimo e meio.
R$ 2,50: para usuários que não se enquadram nos critérios acima, ou seja, os demais cidadãos do município, independentemente de suas condições financeiras ou sociais.

Almoço
Isento: para pessoas em situação de rua cadastradas e encaminhadas pelo Centro Pop, exceto àquelas beneficiárias do Benefício de Prestação Continuada e Programa Bolsa-Família.
R$ 1,00: para usuários do Cadunico; beneficiários do Programa Bolsa-Família; usuários com renda per capita de até meio salário mínimo; idosos e pessoas com deficiência que recebem Benefício de Prestação Continuada.
R$ 2,00: para usuários com renda per capita de até um salário mínimo e meio.
R$ 5,00: para usuários que não se enquadram nos critérios acima, ou seja, os demais cidadãos do município independente de suas condições financeiras ou sociais.

Restaurante Popular 2

(Restaurante Zilda Arns - avenida Alvino Hansen, 65 - Adhemar Garcia)

Almoço
Isento: para pessoas em situação de rua cadastradas e encaminhadas pelo Centro Pop, exceto àquelas beneficiárias do Benefício de Prestação Continuada e Programa Bolsa-Família.
R$ 1,00: para usuários do Cadunico; beneficiários do Programa Bolsa-Família; usuários com renda per capita de até meio salário mínimo; idosos e pessoas com deficiência que recebem Benefício de Prestação Continuada.
R$ 2,00: para usuários com renda per capita de até um salário mínimo e meio.
R$ 5,00: para usuários que não se enquadram nos critérios acima, ou seja, os demais cidadãos do município independente de suas condições financeiras ou sociais.