Kléber de Souza e Janaína Coelho relataram terem sido alvo de racismo ao serem atendidos no restaurante de fondue Hannover, no Tatuapé, Zona Leste de São Paulo. As informações são do G1.

Foto: Reprodução/TV Globo

O casal relatou que foram ao estabelecimento na noite de quarta-feira (19) para comemorar o aniversário de Kléber, mas a noite que era de celebrações acabou com o casal sendo ignorado e tratado com descaso, mesmo com o rodízio pago antecipadamente pela internet, no valor de R $237,60.

O restaurante também negou o pedido do casal para trocar de mesa, enquanto outros clientes já eram atendidos.

"Eu levantava a mão, acenava, para ver se alguém vinha atender a gente e as pessoas não vinham. Não notavam a gente. Não davam atenção para a gente", declarou Souza, especialista de dados.

Kléber e Janaína registraram boletim de ocorrência no 30º Distrito Policial do Tatuapé. A polícia vai apurar o caso e deve pedir imagens das câmeras de segurança do restaurante e ouvir funcionários.

O casal contou que os problemas no restaurante começaram assim que eles chegaram no local.

Foto: Reprodução/TV Globo

"Primeiro, o pedido que a gente fez foi para gente sentar num local um do lado do outro. Aí já tivemos uma negativa bem afirmativa, sendo que a gente chegou cedo e o salão do restaurante estava vazio", contou Kléber.

"Ele [funcionário] não falou nem boa noite para a gente. Só disse 'vocês já fizeram o pagamento'? Eu falei 'tá aqui' e mostrei no celular. E ele disse 'vou checar'. Mas nós já estávamos havia mais de 15 minutos esperando", disse Janaína Coelho.

Kléber e Janaina disseram que ficaram mais de 20 minutos esperando por atendimento, apesar do restaurante ter poucas mesas ocupadas. O casal até conversou com uma mulher que seria a gerente do local, de nome Chris. Ela teria apenas se desculpado. Depois, o casal chamou a polícia.

"Chegaram mais três ou quatro mesas depois de nós. E eles já estavam sendo atendidos, comendo. E nós, nem sequer uma água", contou Janaína.

Apesar do casal ter ido a outro restaurante depois comemorar o aniversário de Kléber, a situação que presenciaram no Hannover acabou estragando a noite que seria de comemorações.

"Nós saímos muito constrangidos, tristes, nos sentindo humilhados. Porque, independente de raça e de cor, de como esteja vestido, se você entra num estabelecimento, acho que tem que ter o respeito e não pode ter ideia mal concebida. A gente tentou reverter, porque era aniversário dele ainda, mas nós estamos mexidos até agora com isso. Foi um dia muito reflexivo para nós", desabafou Janaína Coelho.

A reportagem da TV Globo foi até o restaurante na noite desta quinta-feira (20) na tentativa de conversar com os responsáveis do estabelecimento. Foram informados que uma pessoa que seria responsável pelo local atenderia a equipe, mas ninguém apareceu.