Desde o dia 9 de abril, o programa Resgate Social, da Prefeitura de Florianópolis por meio da Secretaria de Assistência Social e Instituto Arco-íris de Direitos Humanos, garante atendimento à população em situação de rua da Capital.

A iniciativa faz atendimento emergencial e da inserção da população na rede de serviços socioassistenciais, como os serviços da Passarela da Cidadania, e desde o início da pandemia tem contribuído para que pessoas em situação de rua estejam em isolamento social.

A equipe também pode atuar em caso de suspeitas de Covid-19 nessa população, realizando todos os atendimentos necessários em conjunto com outros locais da Prefeitura de Florianópolis, como os Centros de Saúde, Unidades de Pronto Atendimento e Consultório na Rua, por exemplo. Ofertas de higiene e atendimentos psicológicos também podem ser feitas.

A iniciativa faz atendimento emergencial | Foto PMF/Divulgação

Saiba com pedir ajuda

O programa realiza diariamente mais de 20 atendimentos com enfermeiros, psicólogos e assistentes sociais, que atendem chamados da população quando encontram alguma pessoa em situação de rua.

O serviço realiza abordagem e busca efetiva a pessoas em situação de rua bem como deslocamento e conduções necessárias conforme avaliação da equipe interdisciplinar, durante 24h por dia, todos os dias da semana, incluindo finais de semana e feriados. Os pedidos de resgate social devem ser enviados para o número (48) 99182-6870.

Atualmente em Florianópolis, nenhuma pessoa em situação de rua foi confirmada com o novo coronavírus.

 

Foto Studio OCPQuer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp