Comprar remédios ficou mais caro a partir deste fim de semana. O aumento é o resultado de uma resolução do Cmed (Conselho de Ministros da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos) publicada na quinta-feira (29) no Diário Oficial da União. O Cmed é um órgão do governo integrado por representantes de vários ministérios. O reajuste passou a entrar em vigor neste sábado (31). De acordo com o texto, dependendo do tipo de medicamento, há três níveis de reajuste: 2,09%; 2,47% e 2,84%. A resolução informa que o percentual de reajuste tem como base a inflação acumulada pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo no acumulado de 12 meses, de março de 2017 a fevereiro deste ano. *Com informações de Ana Cristina Campos da Agência Brasil