Um local que antes era visto como ponto de vandalismo e insegurança na região Continental de Florianópolis vai ganhar em breve um novo uso para toda comunidade. A Prefeitura de Florianópolis vai emitir a autorização do processo licitatório para construção do Centro Cultural do Continente,que terá uma área de 236 metros quadrados em um terreno de 520 metros quadrados, na Avenida Engenheiro Max de Souza, ao lado do posto de saúde de Coqueiros. O valor orçado da obra é de R$ 322, 2 mil. Após emissão da ordem de serviço, o prazo para conclusão é de oito meses.

A edificação contempla, no térreo, um salão para atividades, secretaria, depósito, sanitários acessíveis, escada e plataforma elevatória de acesso ao segundo pavimento. No pavimento superior também terá salão maior para exposições e outras ações.

Na área externa haverá três vagas de estacionamento para automóvel, sendo uma para pessoa com deficiência física, cinco vagas de moto e cinco vagas de bicicleta.

“Sem dúvida, o espaço vai trazer ainda mais vida para a comunidade do entorno, que pedia uma solução para o local. Em breve terão mais uma opção de lazer e cultura, há muito tempo esperada”, finalizou o secretário do Continente, Edinho Lemos.

 

Quer receber as notícias do Por Acaso no WhatsApp? Clique aqui!