A média móvel de novos casos de coronavírus em Jaraguá do Sul tem apresentado queda. Desde o dia 29 de junho, quando o monitoramento alcançou o pico até o momento, com a média de 67,8 registros, houve um declínio gradativo na curva de contágio, chegando a 24,28 nesta segunda-feira (10).

O indicador é visto com alívio pelo secretário municipal de Saúde, Alceu Moretti, que destaca uma série de ações para esse momento de redução nos novos casos.

Desde as restrições que reduziram a circulação de pessoas, impôs horários para abertura de estabelecimentos, ao aumento da fiscalização.

“A população também entendeu, houve essa compreensão. Foi uma associação de acertos”, acredita.

 

 

O fator climático também é destacado por Moretti, já que nos últimos dias houve um aumento na temperatura o que reduz a aglomeração de pessoas em ambientes fechados e a suscetibilidade a doenças respiratórias.

Com isso, a procura por atendimento nas unidades básicas de saúde também caiu. Na semana passada, foram 1.179 pacientes com sintomas suspeitos atendidos, enquanto nas duas semanas anteriores foram, respectivamente, 1.446 e 2.254.

“Isso é um sinal positivo. Na semana passada, como um todo, vimos essa diminuição gradativa das pessoas buscando as unidades que estão atendendo Covid e também os hospitais”, comenta.

O secretário avalia, porém, ainda é cedo para saber se é uma tendência que irá se manter.

"Tivemos o Dia dos Pais, nossa orientação à população foi para evitar encontros familiares, mas ainda teremos que medir. A população deve continuar redobrando os cuidados”, alerta.

Casos graves

Apesar dos números indicarem a redução na proliferação do vírus, ainda é preciso cuidado e atenção. Até a tarde desta segunda-feira (10), os “Semáforo Covid-19” ainda estava alertando risco alto, especialmente pela questão hospitalar.

Os leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) adultos estavam com 92% de ocupação a enfermaria com 67%. Nas alas de UTI, eram 10 pacientes de outras cidades da região e 4 de Jaraguá do Sul.

Como o município recebe muitos pacientes de fora pela ampla estrutura hospitalar, Moretti ressalta que as ações tomadas regionalmente foram importantes e devem ser mantidas. A capacidade de atendimento aos casos graves é uma das principais preocupações do poder público.

“Os cuidados devem permanecer, vamos viver por muito tempo esse novo normal. Os cuidados no trabalho, no lazer, no âmbito familiar, é nessa linha que vamos viver por um bom tempo”, reforça Moretti.

Desde o início da pandemia, Jaraguá do Sul teve 1.949 casos confirmados de Covid-19. Destes, 1.535 (78%) estão recuperados, 394 (20%) estão em tratamento e 20 (1%) pessoas morreram.

Casos de Covid-19 em Jaraguá do Sul

Média Móvel

Casos por semana

  • 12 a 18 de julho: 256 novos casos
  • 19 a 25 de julho: 362 novos casos
  • 26 de julho a 1 de agosto: 489 novos casos
  • 2 a 8 de agosto: 302 novos casos

O que é a média móvel?

Para chegar a esse número, soma-se os novos casos nos últimos sete dias e divide-se o resultado por sete. Esse é um indicador recomendado por especialistas e adotado por diversos veículos da imprensa internacional.

Como os dados de Covid-19 podem ter variações diárias muito grandes que não têm relação com o avanço do vírus, mas sim com atrasos nos registros, falta de testes, entre outros problemas, o modelo de média móvel busca reduzir esses efeitos.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul