O período de rematrículas e novas matrículas nas escolas municipais encerrou nesta semana em Jaraguá do Sul. A Secretaria de Educação deve divulgar um balanço oficial dos cadastramentos nas próximas semanas, quando a etapa de matrículas dos berçários e maternais nos centros de educação infantil também for finalizado, na última semana de novembro. Nas escolas, a oficialização do zoneamento como critério e a adoção da rematrícula para os alunos que estão saindo das creches para as primeiras turmas do ensino fundamental facilitou o procedimento para os pais. O secretário de Educação, Rogério Jung, avaliou que pela primeira vez não houve tumultos nas unidades durante o período. “As pequenas filas formadas foram pela preocupação para conseguir o turno desejado. Ficamos felizes em ver que as mudanças foram positivas”, comenta Jung. Diretor da escola Cristina Marcatto, no bairro Jaraguá Esquerdo, Fabiano Garcia relata que o período foi tranquilo. “A procura costuma ser grande, mas não registramos grandes filas. A maior demanda foi pelo pré 2”, observa o diretor. Do pré-escolar ao nono ano, a unidade realizou 80 matrículas novas. A escola tem 714 estudantes. Conforme o secretário de Educação, em 2018 as matrículas serão realizadas pela internet. Os pais vão fazer o cadastro e terão um prazo para apresentar a documentação na escola. Quem não tiver computador em casa poderá utilizar um equipamento disponibilizado pela instituição. No ano que vem, a Prefeitura também não conseguirá os recursos necessários para compra dos uniformes escolares. De acordo com Jung, o valor do investimento está estimado em aproximadamente R$ 800 mil. Em 2017, o setor não distribuiu as peças os cerca de 20 mil alunos. Para os estudantes que não têm condições financeiras de comprar o uniforme, a secretaria disponibilizou kits que sobraram de anos anteriores e as escolas não exigiram o uso. Aulas vão até o dia 22 de dezembro O ano letivo de 2017 irá acabar apenas no dia 22 de dezembro. As unidades ainda estão realizando os dias de reposição das aulas em virtude da greve dos servidores municipais, que durou mais de 30 dias no início do ano. Este sábado (18) e o dia 2 de dezembro serão os últimos dois sábados de reposição. Segundo o secretário de Educação, Rogério Jung, o índice de comparecimento dos estudantes foi alto nas datas marcadas para recuperar o conteúdo. A quantidade de aulas varia conforme a adesão dos professores e da escola à paralisação dos serviços públicos. A reposição é feita para cumprir calendário escolar que prevê 200 letivos. Matrículas ainda abertas na educação infantil 14 a 23: rematrícula dos berçários e maternais nos CMEIs Dia 24: matrículas nos CMEIs para novas crianças 27 a 1 a dezembro: recadastramento para a lista de intenção de vaga 2018 LEIA MAIS: - Rede municipal de Educação inicia semana de matrículas sem filas